QUEM SOMOS?

archbishop_lefebvre_giving_1988_episcopal_consecration_sermon225A missão da FSSPX em Ribeirão Preto iniciou-se em novembro de 2013, onde um grupo de católicos, após o desastre da experiência das Missas Summorum Pontificum, começou a ser atendido, pela graça de Deus, pelos padres do Priorado Padre Anchieta, de São Paulo/SP.

Para contato conosco: gespiox@yahoo.com.br

A FSSPX

A FSSPX é uma Sociedade Sacerdotal de Vida em Comum sem Votos. Por conseguinte, a exemplo de Jesus Sacerdote, os membros da Fraternidade vivem totalmente dedicados ao Santo Sacrifício da Missa que prolonga a Santa Paixão de Nosso Senhor.

Finalidade da FSSPX

A finalidade da FSSPX é o sacerdócio e tudo que se relaciona a ele, e só o que lhe concerne, tal como quis Nosso Senhor Jesus Cristo quando disse “fazei isso em memória de Mim”.

Autoridades da FSSPX

A FSSPX reconhece como legítimo Sumo Pontífice o Papa Francisco, e como legítimos pastores os bispos por ele nomeados. A FSSPX, como qualquer Congregação da Igreja Católica, conta com um Superior Geral, Superiores Provinciais e de Seminários, assim como Superiores locais.

Os Membros da FSSPX

A FSSPX acolhe no seu seio Sacerdotes, Irmãos, Oblatas e Terciários. A Congregação das Irmãs da Fraternidade São Pio X acolhe as moças que desejam participar da sua espiritualidade centrada no Santo Sacrifício da Missa.

Fundação da FSSPX

A FSSPX, fundada por Sua Exc. Dom Marcel Lefebvre, foi aprovada pela Igreja, por decreto do Bispo de Lausana-Friburgo (Suíça), Dom Charriere, em 1o de Novembro de 1970. A FSSPX recebeu a Carta Laudatória do Prefeito da Sagrada Congregação para o Clero, Cardeal Wright, em 18 de fevereiro de 1971.

Nossa posição na crise da Igreja

A FSSPX adere “de todo o coração, de toda a alma, à Roma católica, guardiã da Fé católica e das tradições necessárias à manutenção desta Fé, à Roma eterna, mestra da sabedoria e da verdade”. Mas recusa, “ao contrário, e sempre [se recusará] a seguir a Roma de tendência neo-modernista e neo-protestante que se manifestou claramente durante o Concílio Vaticano II e, após o concilio, em todas as reformas que dele se originaram“. Dom Marcel Lefebvre: Declaração do 21 de Novembro 1974. Leia a declaração completa clicando aqui.

A FSSPX em Números


A FSSPX conta atualmente com:

Está presente em 37 países e visita regularmente outros 35.

Mantém:

(*) Dados de Julho de 2017. Fonte: La Porte Latine.

21 ideias sobre “QUEM SOMOS?

  1. VERDADEIRO TERCEIRO SEGREDO

    JMJ
    Tuy, 1 de abril de 1944
    Agora vou revelar o terceiro fragmento do segredo: Esta parte é a apostasia na Igreja!
    Nossa Senhora mostrou-nos uma vista do um indivíduo que eu descrevo como o ‘santo Padre’, em frente de uma multidão que estava louvando-o.
    Mas havia uma diferença com um verdadeiro santo Padre, o olhar do demonio, êste tinha o olhar do mal.
    Então depois de alguns momentos vimos o mesmo Papa entrando a uma Igreja, mas esta Igreja era a Igreja do inferno, não há modo para descrever a fealdade d’êsse lugar, parecia uma fortaleza feita de cimento cinzento com ângulos quebrados e janelas semelhantes a olhos, tinha um bico no telhado do edificio.
    Em seguida levantamos a vista para Nossa Senhora que nos disse Vistes a apostasia na Igreja, esta carta pode ser aberta por O santo Padre, mas deve ser anunciada depois de Pio XII e antes de 1960.
    No reinado de Juan Pablo II a pedra angular da tumba de Pedro deve ser removida e transferida para Fatima.
    Porque o dogma da fé não é conservado em Roma, sua autoridade será removida e entregada a Fatima.
    A catedral de Roma deve ser destruida e uma nova construida em Fatima.
    Se 69 semanas depois de que esta ordem é anunciada Roma continua sua abominação, a cidade será destruida.
    Nossa Senhora disse-nos que êsto está escrito, Daniel 9, 24-25 e Mateus 21, 42-44

  2. Como vocês reconhece como legítimo Sumo Pontífice o Papa Francisco, e como legítimos pastores os bispos por ele nomeados e se recusam a seguir as leis de Roma? A Igreja de Roma, reconhecem vocês como membro comunhão?

    • Prezado Sr. Francisco, louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo.

      Reconhecer uma autoridade e obedecer seus erros são coisas bem distintas.

      Um exemplo prático seria seu pai manda-lo fazer algo errado. O senhor faria? Claro que não. O que o senhor diria? – Eu sei que é meu pai, eu reconheço isso, nas não posso obedecê-lo, pois está me mandando fazer algo errado.

      É a mesmíssima coisa. Reconhecemos que Francisco é Papa, porém não podemos obedecê-lo quando ensina o erro. Diferente dos sedevacantistas que dizem que não há Papa reinante, por todos os erros e ambiguidades pós conciliares.

      Um Papa, um bispo, um padre ou mesmo um concílio não podem ensinar coisas contrárias ao que sempre foi ensinado pela Igreja.

      Como D. Lefebvre disse: “Nós aderimos de todo o coração e com toda a nossa alma à Roma católica, guardiã da fé católica e das tradições necessárias para a manutenção dessa fé, à Roma eterna, mestra de sabedoria e de verdade. Pelo contrário, negamo-nos e sempre nos temos negado a seguir a Roma de tendência neomodernista e neoprotestante que se manifestou claramente no Concílio Vaticano II, e depois do Concílio em todas as reformas que dele surgiram. Todas estas reformas, com efeito, contribuíram, e continuam contribuindo, para a demolição da Igreja, a ruína do sacerdócio, a destruição do Sacrifício e dos Sacramentos, a desaparição da vida religiosa, e a implantação de um ensino naturalista e teilhardiano nas universidades, nos seminários e na catequese, um ensino surgido do liberalismo e do protestantismo, condenados múltiplas vezes pelo magistério solene da Igreja.”

  3. A obediência a Santa Igreja e ao Papa é vontade de Deus, prestemos a atenção nisso. Por amor e humildade e com profundas orações ao nosso Senhor Jesus Cristo. O contrário, me parece arrogante!

    • Prezada Nádia, Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.

      Como dito acima, no texto, “A FSSPX reconhece como legítimo Sumo Pontífice o Papa Francisco, e como legítimos pastores os bispos por ele nomeados“, ou seja, não somos sedevacantistas. Porém, a obediência é estritamente ligada à Verdade, nesse caso ao Magistério de Sempre da Igreja. Um Padre, um Bispo ou mesmo um Papa não podem se pronunciar de modo diferente à Tradição.

      Trazendo para nosso meio, é o caso do pai que manda o filho roubar algo e o filho lhe diz: O senhor é meu pai, porém não posso fazer o que me manda. Entende? Ele reconhece a autoridade do pai, porém ele tem o dever de não obedecê-lo.

      O mesmo acontece conosco em relação aos clérigos liberais e modernistas. Eles tem sua posição na hierarquia, porém não podemos obedecê-los quando se pronunciam contrários à Tradição da Igreja.

      São Bernardo diz: “Aquele que faz um erro porque lhe mandam, faz menos um ato de obediência que de rebeldia. Faz uma inversão das coisas: deixa de obedecer a Deus, para obedecer aos homens”. (Cf. Oeuvr Completes de S. Bernard, Charpentier, Tomo I, Episto VII).

      Esses textos podem lhe ajudar no entendimento:

      http://catolicosribeiraopreto.com/a-verdadeira-obediencia/

      http://catolicosribeiraopreto.com/o-dever-da-desobediencia/

    • Nos ultimos tempos falam muito de uma obediência que não envolve virtude. Obediencia pecaminosa.Não se deve obedecer a um homem e ás suas próprias idéias.
      Só se obedece a Deus.
      A única obediencia válida é a obediência a Deus. E por isso obediência à Igreja Católica de sempre. A Verdade não muda. Jesus Cristo não muda. Homens mudam.
      Os que fogem da doutrina da verdade católica sāo desobedientes.
      A obediencia cega não é virtude. A Virgem Maria não aceitaria a oferta do Anjo do céu se para isso tivesse que romper sua virgindade guardada para Deus.
      Ela colocou á Deus primeiro. E ela foi recompensada.
      E Sao Paulo disse que mesmo que um Anjo do céu pregasse um Evangelho diferente do que foi recebido, que se recusasse. Qualquer um que sai da doutrina é anátema por si mesmo.
      Arrogância é querer mudar a verdade revelada e confiada à hierarquia da Santa Igreja.
      Os demônios obedecem. Mas obedecem à mentira.

      Quantos Santos morreram para não obedecer à mentira. Quantos foram expulsos das Igrejas. Perseguidos e injustiçados. MORTOS.

      Mas isso tudo nós ja sabemos…

      Seguir a Verdade sempre. Esse é o nosso dever de filhos de Deus.

      • Prezado Hiago, louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo.

        Sim, você está correto. É por isso que não não devemos obedecer aos que querem impor “novidades” que não pertencem ao tesouro da Tradição.

        Nessa época em que a hierarquia católica, quase que em sua totalidade, está completamente entregue ao modernismo, rezemos cada vez mais pela Igreja.

        “Senhor, dai-nos sacerdotes”
        “Senhor, dai-nos santos sacerdotes!”
        “Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes”
        “Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas”
        “Senhor, dai-nos famílias católicas”

        “São Pio X, rogai por nós”

  4. Bom dia. Salve Maria.

    Desejo que este site seja mais conhecido dentre os católicos. Que seja mais lido e apreciado, que transmita estes ensinamentos do da Igreja para todos quanto possível. Eu posso contribuir compartilhando em meus perfis nas redes sociais, mas é preciso mais. Vocês precisam propagar, compartilhar a existência deste maravilhoso site.
    WhatsApp, Facebook, Twitter, Instaagram, AreaCatolica, dentre outros.

    Por favor, os católicos precisam conhecer esta página.

    Obrigado, Deus abençoe.

  5. Salve Maria!

    Qual é a atual posição da página, ante os feitos de Mons Fellay e sua imensa proximidade de Roma, sem que essa tenha se convertido a Fé de outrora?

    • Prezado Júlio, louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.

      A que tipo de proximidade se refere exatamente? Qual ato, qual pronunciamento…ou trata-se apenas de “especulação” sobre “alguma possível interpretação” de “alguma intenção”?

      Digo isso porque hoje, dentre os tradicionalistas, há vários videntes que chegam inclusive a ler pensamentos!

      • Primeiramente gostaria de agradecer por ter respondido.

        Mas, alguns fatos durante esse ano, até o momento, nos chamam atenção, falando de FSSPX/Roma atual, como:

        O “reconhecimento” da FSSPX como parte da “Igreja” da Argentina;
        Mons Fellay, receber de Roma o poder de “Juíz” em um julgamento;
        Ou como mais recente, a “validação” do Sacramento da Confissão por Padres da Fraternidade por um período de um ano. Tendo este último, uma nota de agradecimento partindo de Menzigen, em 1ro desse mês de Setembro de 2015.

        Penso que, o nosso Santo Lefebvre, se contorce em seu túmulo por tais fatos.
        O que gostaria de saber, é qual a posição da página, à isso que tem ocorrido entre FSSPX/Roma modernista.
        Obrigado desde já, Júlio.

        • Prezado Julio, escreva-nos (gespiox@yahoo.com.br) que teremos o maior prazer em responder, ok?!

          Aqui é um espaço de comentários…dúvidas podemos tratar por email, certo?!

          Abç

    • Prezado Will, louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.

      A FSSPX se apoia no Código de Direito Canônico, que dá a Jurisdição de suplência devido ao estado de necessidade da Igreja. Para amanhã cedo já programamos um vídeo explicativo sobre a Jurisdição.

    • Nunca houve irregularidade. A pergunta fica melhor dizendo: o Vaticano está em situação canônica irregular com a doutrina e a Igreja? E aí sim.
      Sim está em situação de grande crise.
      Rezemos para que nós estejamos do lado da verdade nesses tempos ultimos.
      Nossa Senhora de Fatima rogue por nós.

Deixe uma resposta