CONSAGRAÇÃO AO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA

Fonte: La Porte Latine – Tradução: Dominus Est

Ó Maria, Virgem poderosa e Mãe de Misericórdia, Rainha do céu e refúgio dos pecadores, nós nos consagramos ao vosso Imaculado Coração. Nós vos consagramos o nosso ser e toda a nossa vida; tudo o que temos, tudo o que amamos, tudo o que somos. Nossos corpos e nossas almas são vossas. Nossos lares, nossas famílias e nossa pátria são vossas. 

Queremos que tudo o que há em nós, tudo o que há ao nosso redor, vos pertença e compartilhe dos benefícios de suas bênçãos maternais. E para que esta consagração seja verdadeiramente eficaz e duradoura, renovamos hoje aos vossos pés, ó Maria, as promessas do nosso batismo e da nossa Primeira Comunhão. Nós nos comprometemos a professar corajosamente e sempre as verdades da Fé, a viver como católicos plenamente submissos à todas as disposições do Papa e dos Bispos em comunhão com ele.

Nós nos comprometemos a guardar os mandamentos de Deus e da Igreja, particularmente a santificação do domingo. Nós nos comprometemos a incorporar às nossas vidas – o quanto nos for possível – as práticas consoladoras da Religião cristã, e sobretudo da Santa Comunhão.

Por fim, nós vos prometemos, ó gloriosa Mãe de Deus e terna Mãe dos homens, colocar todo o nosso coração ao serviço de vosso culto bendito, a fim de acelerar, de assegurar, mediante o reinado do vosso Coração Imaculado, o reinado do Coração de vosso adorável Filho em nossas e em todas almas, em nossa querida pátria e em todo o universo, assim na terra como no céu. Amém. 

(3 anos de indulgência – 21 de fevereiro de 1907)