O PROJETO DA MAIOR IGREJA DA FSSPX

Immaculata Church Rendering

Além de ser a maior igreja católica no Kansas (EUA), esta será a maior da FSSPX no mundo. Com uma capacidade para comportar mais de 1.500 pessoas, estará a serviço da crescente comunidade de St. Mary’s pelas próximas gerações.

Fonte: SSPX USA

Tradução gentilmente cedida pelo nosso amigo Prof. Helton Barbosa (heltonbarbosa@hotmail.com)

Há uma antiga tradição nos casamentos onde o pai da noiva levanta o véu de sua filha e a revela ao noivo. Muitas lendas e tradições escondem-se por trás desta prática, mas qual a origem de tais costumes? Quem pode dizer com certeza e conclusivamente? No entanto, aí está. “Então, veio um dos sete anjos que tinha as taças cheias dos sete últimos flagelos e disse-me: Vem, mostrar-te-ei a noiva, a esposa do Cordeiro” (Apoc. 21,9). O véu é levantado e a beleza da noiva é revelada ao seu esposo. “E eu, João, vi a cidade santa, a nova Jerusalém, descer do céu de junto de Deus, preparada como uma esposa ornada para seu esposo” (Apoc 21, 2). Este levantar do véu ocorrerá em 15 de junho na St. Mary’s Academy and College, revelando a nova Imaculada, a futura Igreja da Fraternidade na cidade de St. Mary’s, estado americano do Kansas.

Um fogo deixa cicatrizes nas pradarias do Kansas

Desde que um incêndio, iniciado por um fio avariado, destruiu a capela da Imaculada em 8 de novembro de 1978, a maior comunidade da FSSPX nos EUA tem sentido falta de uma igreja com uma estrutura completa. A coroa do campus, pequena, mas não menos imponente Capela da Imaculada, a capela que havia sido levantada com o dinheiro de 300 ex-alunos do antigo St. Mary’s College, a capela que havia acolhido em seu seio inúmeros fiéis e enviado muitos outros para se tornarem padres, a capela que convenceu Mons. Marcel Lefebvre de que St. Mary’s, KS deveria se tornar a mais emblemática da FSSPX nos EUA – aquela coroa queimada pouco antes de “a tinta secar na assinatura de um contrato”. Considerando a última analogia, o orgulho do Distrito dos EUA, a mais emblemática, sofreu perdas em sua posição de referência. Agora, a esperança e a promessa de uma nova igreja – maior e mais imponente – foi revelada aos fiéis no Auditório Ignatius no campus de St. Mary’s College.

Durante a revelação, o Sr. Nicholas Novelly, contabilista líder do St. Mary’s College percebeu que por trás de toda grande perda está sempre a mão da Divina Providência. O dinheiro do seguro, que originalmente deveria ser usado na reconstrução da capela, foi redirecionado para fomentar o campus infantil de St. Mary’s. Por mais de quarenta anos, a escola e o campus cresceram, assim como sua circunvizinhança.

Desde o incêndio, a Missa e outras cerimônias litúrgicas têm sido celebradas em capelas temporárias: primeiro, um salão em Jogues Hall serviu como igreja temporária para o emergente campus e então se mudou para uma antiga cafeteria Jesuíta a qual poderia acomodar por volta de 500 pessoas. Mas, como a comunidade cresceu a partir de um mero punhado de famílias para mais de 4000, preenchendo a Capela da Assumpção de ponta a ponta, as grandes cerimônias tais como Missa do Galo, as liturgias da Semana Santa, Crismas e Primeiras Comunhões eram realizadas no auditório com o altar erigido sobre um palco.

Tão logo o fogo tinha sido apagado, começou a surgir a esperança de que a capela pudesse ser reconstruída. No entanto, ao longo do tempo, os diferentes reitores tiveram que adiar o projeto já que a captação de recursos para a Imaculada removia muito dos recursos necessários para as despesas diárias do campus. O Sr. Novelly conta que, da antiga campanha de arrecadação de fundos e doações apenas um pouco mais de 15, 7 milhões de dólares tinham sido levantados, mas para completar este projeto mais 14 milhões de dólares seriam necessários. Ainda assim, Sr. Novelly destacou que as doações à Imaculada não podem vir das doações destinadas à manutenção da escola e da paróquia.

immaculata plan

A Imaculada lançará seu olhar sobre toda Saint Mary’s

Os planos farão com que a nova Imaculada mude seu prédio de sua localização original no monte ao lado do Bellarmine Hall. Devido à falta de espaço para estacionar, a nova localização foi escolhida em um monte mais alto, próximo ao cemitério, o qual poderá melhor servir os fiéis evitando conflito com a escola. “Nosso objetivo também, com essa expansão, com uma igreja maior”, Padre Patrick Rutledge explica, “é dar a todos a chance de vir à Missa, orarem na Missa, não terem que ficar em pé no fundo da igreja atrás de sete linhas de pessoas, para conseguirem ficar após a Missa e fazerem suas orações de ações de graças, para que não se sintam que devem abrir mão de sua vaga no estacionamento mais cedo do que deveria, assim como muitos de vocês tem que fazer a cada domingo devido ao nosso próprio crescimento.”

A majestosidade da igreja será evidente a todos, com duas torres de sinos chegando a medir quase 34 metros de altura, uma cúpula com 12 lados (representando as doze estrelas que coroam Maria) sobre a qual se erguerá a imagem de Nossa Senhora para se tornar o ponto mais alto do campus, assim como da cidade.. “Nossa Senhora olhando sobre toda a sua cidade”, diz Padre Rutledge, “a Imaculada olhando sobre sua cidade, protegendo sua cidade assim como Ela já tem feito”.

Uma comedida – mas grandiosa – Casa de Deus

A Imaculada se tornará não apenas a maior igreja católica, em termos de estrutura, no Estado do Kansas, mas também o maior prédio dentro dos 563 km de St. Mary’s. “Não estamos apenas construindo uma capela” diz o Padre Rutledge. “Nós estamos realmente construindo algo significante, especialmente pelo modo como nossa Igreja, nossa Igreja Católica, está tendo tantas dificuldades, que alívio isso seria!”. Haverá 8 confessionários, 1 capela de relicários, 1 batistério, 2 capelas laterais com capacidade para 50 pessoas, uma “sala do choro” (sala destinada para que as pessoas possam levar suas crianças e assim reduzir o incômodo dos demais) para 100 pessoas, loft para o coro que também pode acomodar 100 pessoas. O estacionamento será capaz de receber 465 veículos. “Desde que não haja 15 pessoas por veículo” brincou Padre Rutledge, “isso deve ser suficiente”.

David Heit, o arquiteto líder da CIVIUM Architects, disse à audiência que este projeto é especial para ele e sua equipe. “Não é apenas outro problema de design, não apenas outro grande edifício, mas definitivamente algo único para nós”, disse ele. “E agora nos encontramos (talvez não de modo literal, mas ainda de certo modo) oferecendo uma breve oração cada dia antes de iniciarmos os trabalhos, entendendo que o que fazemos precisa ser divinamente inspirado”.

E por receio de que o desejo de grandeza roube a correta medida das coisas materiais, David Eddy, gerente de pré-construção para o Distrito dos EUA e Diretor de Pré-construção na empresa Fransen Pittman, tem estabelecido um orçamento enxuto. Sr. Eddy tem se envolvido em algumas das prévias conversações sobre o Projeto Imaculada e agora sua missão é garantir que a igreja seja ao mesmo tempo bonita e dentro do orçamento, “para garantir que estamos projetando uma construção que esteja dentro das nossas possibilidades orçamentárias”, disse ele, “e uma construção que combine as necessidades do Distrito e de St. Mary’s.”

Um sinal do crescimento da Tradição nos EUA

Padre Jurgen Wegner, o Superior do Distrito, ampliou o pensamento dos ali presentes para além da construção da igreja: ele mostrou o que significa a igreja da Imaculada não apenas para St. Mary’s, mas também para todo o Distrito e para o resto do mundo. Primeiro falou sobre o passado, a razão para a compra de St. Mary’s “com a ideia de restauração da Fé Católica e a restauração que vem a partir do centro dos EUA”, disse o Padre Wegner.

Foi um sacrifício enorme para muitos dos pioneiros tomarem a decisão de deixar para trás uma bem estabelecida situação em outro lugar dos EUA para vir ao Kansas onde temos verões muito quentes, carrapatos, e todo tipo de coisas desagradáveis”, continua o Superior do Distrito. “Mas foi a fé deles que os trouxe até aqui e, na verdade, a própria ideia do pioneirismo em construir. Estes primeiros anos para os fiéis e para os padres foram anos muito difíceis”.

A energia, os sacrifícios e as lágrimas de todos aqueles que aqui começaram e construíram este lugar, que fizeram deste lugar um lugar para onde outros tradicionalistas querem vir, que fizeram que esse lugar – onde de certa maneira, no começo, era um lugar horrível – se tornasse um refúgio e um lugar desejável a todo católico. Gostaríamos de agradecer a todos estes pioneiros – muitos dos quais já nos deixaram, como o Padre Bolduc que morreu dois anos atrás”.

Então ele falou sobre o futuro, o futuro da Tradição. “Este dia não é somente o dia em que estamos pensando apenas em uma igreja bonita feita de tijolo e cimento, este é um dia em que pensamos acerca da restauração da Igreja. E se no começo St. Mary’s era um lugar que praticamente ninguém conhecia, atualmente é a mais importante do Distrito, a maior paróquia da Tradição no mundo – e assim é a Tradição. No mundo inteiro a Tradição começou pequena. Assim que ela cresceu, ela foi atacada. Agora os tempos mudaram”.

Chegou um tempo, com a construção na nova Imaculada, “de devolver a Tradição para a Igreja”, disse o Padre Wegner. “St. Mary’s – um lugar, onde no passado, mais de 1000 padres haviam sido ordenados, deve ser uma fonte de sacerdócio e vocações religiosas. E se forem bem sucedidos com este projeto de construção da igreja, não somente a construção de uma igreja de pedra, mas também a construção de uma igreja em pessoas, nas almas, estou certo de que o Distrito também será bem sucedido”.

Aqueles que orarem verão o projeto concluído

Padre Rutledge fechou a revelação com um apelo por orações. Ele pediu aos fiéis para orarem considerando o montante que cada um pode doar para a causa da reconstrução de uma igreja digna de Maria, e rezar ao longo de todo período de construção. Ele pediu aos fiéis para que coloquem suas promessas aos pés de Nossa Senhora em 15 de agosto – pois foi providencialmente há quarenta anos, em 15 de agosto de 1979, quando a nova pedra fundamental foi lançada na primeira tentativa de reconstrução da Imaculada – e “lá na Festa de Nossa Senhora” disse ele, “firmar um compromisso com Ela, naquilo que você sacrificará e naquilo que dará à Ela em razão deste projeto.

A coisa mais importante que temos a fazer por este projeto é rezar para que a equipe de projeto construa algo que Nossa Senhora queira; precisamos rezar para que todos nós, trabalhando no projeto, possamos manter bons princípios em mente enquanto fazemos o trabalho; rezar para que, humanamente falando, construamos algo que seja razoável para nosso orçamento… Nós precisamos de suas orações”.

A cerimônia de início da construção está agendada para 31 de maio de 2020, 40 anos após um forte vento ter derrubado algumas paredes remanescentes do incêndio. “Em um ano iniciaremos a construção na Imaculada”, disse o Padre Rutledge. “Não somente é o dia 31 de maio a coroação de Maria, mas no próximo ano o 31 de maio cairá no domingo de Pentecostes”.

Após os comunicados do Padre Rutledge, prosseguiu o Padre Wegner anunciando um presente do Distrito para a nova Imaculada. “Isto é algo muito especial”, disse ele, “algo que queremos devolver a esta comunidade como um sinal de gratidão pelos nossos antecessores e como um sinal de encorajamento a todos”. O presente eram as relíquias do altar original da Imaculada.

Visite o site do projeto da nova Imaculada clicando aqui