FOTOS E VÍDEO DA RECONCILIAÇÃO DA IGREJA DE SÃO WILLIBRORD, EM UTRECHT (HOLANDA)

No dia 12 de novembro de 2017, dia seguinte à festa de São Martinho – padroeiro da arquidiocese de Utrecht – D. Fellay , Superior Geral da Fraternidade Sacerdotal de São Pio X, reconciliou a igreja de São Willibrord, localizada no centro histórico da cidade de Utrecht e comprada recentemente pela FSSPX (veja aqui).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: La Porte Latine – Tradução: Dominus Est

Cerca de 600 fiéis vindos da Holanda, Bélgica, Luxemburgo e Alemanha estiveram presentes. A cerimônia começou com o rito da reconciliação previsto no Pontifício Romano para devolver ao culto católico um edifício sagrado, após terem sido usados para fins profanos. O bispo iniciou procedendo com a benção da água gregoriana, mistura de água, vinho, sal e cinzas, para em seguida aspergir as paredes interiores, bem como o piso/chão em  forma de cruz, a fim de purificar a igreja de suas impurezas profanas.

Em sua homilia, D. Fellay recordou que a beleza artística daquele local de culto é um reflexo da beleza divina, cuja alma cristã é também uma imagem. Ele prosseguiu salientando que aquele edifício sagrado foi devolvido à liturgia tradicional para a qual foi construído – uma liturgia que “nunca foi revogada”, como afirmou o Papa Bento XVI no Motu Proprio  Summorum pontificum, de 7 de julho de 2007. A cerimônia prosseguiu com a Missa Pontifical celebrada no faldistório, com a participação dos seminaristas de ZaitzkofenA liturgia foi reforçada pela magnífica combinação do órgão e do coral.

A igreja de São Willibrord foi construída na década de 1870 por ocasião do restabelecimento da hierarquia católica na Holanda. Localizado no centro histórico de Utrecht, é um dos tesouros escondidos da cidade e uma das mais belas igrejas neogóticas do país.

Ricamente ornamentada e em perfeito estado de preservação após uma esplêndida restauração interior, o edifício restitui de maneira única o ambiente medieval da época anterior à iconoclastia calvinista. Além disso, Os monumentais órgãos – construídos pelo conterrâneo Michaël Maarschalkerweerd – são uma das atrações do edifício.

No colapso que seguiu o Concílio Vaticano II, havia uma discussão sobre a destruição dessa jóia. Salva do desastre pela tenacidade do padre Winand Kotte, a igreja foi classificada  como um monumento histórico e designada como um projeto piloto para a conservação do patrimônio arquitetônico europeu.

Retornando ao verdadeiro culto uma jóia arquitetônica dedicada a São Willibrord (657-739),  primeiro bispo de Utrecht, apóstolo da Frísia e da Holanda, a Fraternidade São Pio X, de fato, ilustra o lema de seu santo padroeiro: “Omnia institutare in Christo “.

Após um almoço que reuniu a maioria dos fiéis, o dia foi concluído pela adoração eucarística e a recitação do rosário. É foi assim que a igreja de São Willibrod encontrou seu destino original: o culto do Deus verdadeiro, o único Salvador e Mestre de todas as coisas, nosso Senhor Jesus Cristo.

Endereço da Igreja:

Sint Willibrordkerk 
Minrebroederstraat 21, 
3512 GS Utrecht, Holanda

Para mais informações, entrem em contato com o Priorado Saint Clement, em Gerwen (Holanda)

HÁ 100 ANOS ATRÁS, O COMUNISMO ATACOU A IGREJA E O MUNDO

news-header-imageEm Março de 1917, Lênin vivia na pobreza em Zurique. Ele era o líder exilado de um pequeno, extremista e revolucionário partido. Oito meses depois, em Outubro de 1917, ele se tornaria o mestre da Rússia, um país com mais de 160 milhões de habitantes e superfície geográfica cobrindo um sexto das terras inabitadas da Terra. Ele estabeleceu neste país um dos piores regimes que o mundo já teve conhecimento.

Fonte: SSPX – USA — Tradução gentilmente cedida pelo nosso amigo Sr. Fernando Scorsin 

Antes de encontrar seu caminho de volta a Rússia, Vladimir Ilitich Oulianov estava vivendo uma vida medíocre em Zurique, gastando seu tempo em escrever artigos para publicações Marxistas obscuras e em desprender longos debates nas cafeterias.

Mas no meio da Primeira Guerra Mundial, com o apoio do governo do Kaiser Guilherme II, Lênin viajou pela Alemanha e Escandinávia para retornar a Rússia. Esta viagem de oito dias, de 27 de Março a 3 de Abril, 1917, mudou o aspecto do mundo.

Milhões de projéteis destrutivos foram atirados durante a guerra mundial”, escreveu Stefan Zweig no Le Wagon-pomblé (o vagão-guia que transportava Lênin e cerca de trinta bolcheviques pela Europa, nota da tradução), mas “nenhum voou mais longe, nenhum teve papel mais decisivo em toda a história recente que este trem saído da fronteira Suíça, carregado com os mais perigosos e determinados revolucionários do século, que atravessou a Alemanha e pousou em São Petersburgo, onde explodiu a ordem a reinante”.

Ele era um homem insignificante e preocupado quando chegou em Petrogrado, na noite de 16 de Abril de 1917; ele temia a possibilidade de ser preso por traição, assim que desembarcasse do trem, pelo governo temporário regido pelo Príncipe Georgy Lvov, que estava no cargo desde de abdicação do Czar. Durante esta jornada, ele escreveu suas Teses de Abril, advogando por uma revolução radical proletária, a qual não incluía a revolução da classe-média prescrita pela teoria Marxista. Continuar lendo

SUMMORUM PONTIFICUM 2017 – PODE O ENRIQUECIMENTO MÚTUO “CURAR A FERIDA”?

Procissão em direção à Basílica de São Pedro por ocasião da conferência Summorum Pontifcum.

Os adeptos ao chamado de Bento XVI para o «enriquecimento mútuo» destacaram-se proeminentemente na conferência e peregrinação Summorum Pontificum.

Fonte: SSPX – USA — Tradução gentilmente cedida pelo nosso amigo Sr. Adolfo José Guimarães Correa 

O cardeal Robert Sarah, chefe da Congregação para o Culto Divino, esteve entre os oradores em Roma, de 14 a 17 de setembro de 2017, assim como o Arcebispo Pozzo, secretário da Pontifícia Comissão Ecclesia Dei, responsável pelos grupos ligados à Missa Tradicional como a Fraternidade São Pedro e o Instituto Cristo Rei.

O arcebispo Pozzo declarou em seu discurso:

«Penso que é necessário voltar a um aspecto fundamental do Summorum Pontificum, ou seja, o desejo de curar a ferida, não apenas litúrgica, mas eclesiológica, entre o antigo e o novo… Creio que o rito antigo, com o seu patrimônio de fé e santidade, pode enriquecer o novo; enquanto o novo, por sua vez, pode representar essa legítima aspiração para o desenvolvimento teológico e litúrgico em continuidade e fidelidade à tradição.»

O que é «Enriquecimento Mútuo»?

A expressão «enriquecimento mútuo» ocorre famosamente nas palavras do Papa Bento XVI em sua Carta aos Bispos do Mundo para Apresentar o «Motu Proprio» sobre o Uso da Liturgia Romana anterior à Reforma realizada em 1970, quando afirmou: «As duas Formas do uso do Rito Romano podem enriquecer-se mutuamente». Nesta carta, ele procurou dissipar os receios de que, em primeiro lugar, a liberação da Missa Tradicional poria em questão a autoridade do Concílio Vaticano II e, em segundo lugar, o receio de que o uso do rito tradicional causaria divisão dentro da Igreja.

Nessa mesma carta, Bento XVI forneceu exemplos do enriquecimento mútuo que ele previa: pequenos ajustes no antigo Missal, como inserções de «…novos santos e alguns dos novos Prefácios…» e maior sacralidade, reverência e obediência às rubricas na Celebração da Missa Nova: «na celebração da Missa segundo o Missal de Paulo VI, poder-se-á manifestar, de maneira mais intensa do que frequentemente tem acontecido até agora, aquela sacralidade que atrai muitos para o uso antigo».

A expressão rapidamente se tornou uma frase favorita, em particular para aqueles que desejavam a Missa Antiga, mas que, por razões várias, atenuaram a sua oposição aberta ao Novus Ordo ou ao Concílio Vaticano II. Isso encaixa bem com a noção de Bento XVI de «hermenêutica da continuidade», a ideia de que o Concílio Vaticano II e as ambiguidades nele contidas podem ser interpretadas à luz da tradição. Continuar lendo

COMO COLABORAR COM NOSSA CAMPANHA DE ARRECADAÇÃO?

CAPELAPrezados amigos, prezados leitores e benfeitores, louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.

Montamos esse post em virtude de alguns questionamentos que nos fazem sobre o Projeto de nossa Capela e as dúvidas sobre como colaborar.

Listamos, então, algumas perguntas e respostas sobre nossa Campanha para que, de uma forma mais prática e didática, entendam-a e possam nos ajudar.

1 – Do que se trata esse Projeto?

Há algum tempo iniciamos uma campanha de arrecadação de fundos para a futura construção de uma capela dedicada à Tradição, aqui em Ribeirão Preto (veja aqui), com o objetivo de edificar almas, expandir a verdadeira fé católica, lutar pela Santa Igreja, formar cidadãos capazes de lutar por suas ideias e, principalmente, pelo fim último de todo homem, a glória de Deus, no céu.

2 – Quantas fases terá o projeto?

Serão duas etapas:

Primeira (atual): refere-se à aquisição de um terreno

Segunda: diz respeito à elevação física da Capela.

3 – Quem pode ajudar?

Qualquer pessoa, independente de sua ciência sobre a crise de fé que passa a Igreja e que queira colaborar com a expansão da verdadeira doutrina católica, que lute pelo Reinado Social de Nosso Senhor e que queira fazer um gesto nobre de caridade…da verdadeira caridade.

4 – Há um valor mínimo ou máximo para doação?

Claro que não! Pedimos uma ajuda conforme a possibilidade de cada um.

Já tivemos benfeitores que colaboraram com R$ 5,00, outros que colaboram/colaboraram com valores bem mais altos. Há amigos que ajudaram apenas uma vez, outros colaboram/colaboraram esporadicamente e outros ainda colaboram mensalmente….vai da generosidade e das condições de cada um.

5 – Porque há de se ajudar a construção de uma capela que não está em minha cidade?

Por amor à Santa igreja, por amor às obras de caridade, por amor à verdadeira fé e à doutrina de sempre, pelo simples fato de fazer um bem à almas que talvez nunca venha a conhecer.

E como diz São Paulo: “A caridade é paciente, a caridade é benigna; não é invejosa, não é altiva nem orgulhosa; não é inconveniente, não procura o próprio interesse; não se irrita, não guarda ressentimento; não se alegra com a injustiça, mas alegra-se com a verdade; tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta”. (1 Cor 13, 4)

6 – Como podemos acompanhar a evolução da campanha? Meu nome será exposto?

Todo mês atualizamos a porcentagem da meta em uma página dedicada (veja aqui), bem como inserimos, nessa mesma página, o nome do benfeitor para que possamos rezar por eles em nossos terços, que é a única forma de agradecer um gesto tão nobre. Muitos preferem doar no anonimato e nossas orações também são destinadas a eles. Aos empresários há a possibilidade de colocarmos a logomarca da Empresa na página, se desejarem.

7 – Como faço para colaborar?

Faça um depósito na seguinte conta:

ASSOCIAÇÃO RELIGIOSA E CULTURAL SÃO PIO X
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Agência. 1374
Conta Poupança: 401124-3 (Operação: 013)

CNPJ: 09.385.198/0001-43

Obs: Percebam que nossa conta mudou. A agência anterior foi fechada e consequentemente tivemos que abrir outra.

Se quiser, escreva-nos (capela@catolicosribeiraopreto.com) para que possamos incluí-lo em nossa lista de benfeitores.

****************************

Aproveitamos para agradecer a todos que que acessam e gostam do nosso blogtodos que acompanham as ações da FSSPX pelo mundo que nos ajudam ou ajudaram em algum momento nessa campanha, mesmo de forma anônima. Contem com nossas orações.

“Com sua ajuda, ainda que mínima, concluiremos mais uma obra pela Santa Igreja Católica e o restabelecimento do Reinado Social de Nosso Senhor Jesus Cristo”.

Ad Majorem Dei Gloriam

Mais uma vez obrigado e que Nossa Senhora os proteja e os conduza ao caminho da santificação.

FOTOS DA PEREGRINAÇÃO DA FSSPX À LUJÁN (ARG) – 2017

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: FSSPX Sud America – Tradução: Dominus Est 

Como acontece todos os anos, durante o longo fim de semana marcado pelo feriado de 12 de outubro, a Fraternidade Sacerdotal São Pio X fez sua peregrinação La Reja-Luján.

Com a presença de alguns peregrinos desde a noite anterior no Seminário “Nossa Senhora Co-Redentora”, a manhã do domingo, 15 de maio, viu os fiéis que sob o lema “Ao final meu Coração Imaculado triunfará”, se preparavam para caminhar reunindo-se na igreja para ouvir a exortação inicial do padre Fernando Rivero, seguida pela bênção dada pelo Superior do Distrito, padre Mario Trejo. Minutos depois, a marcha começou.

Reunidos em grupos, identificados por estandartes de devoções marianas ou pertencentes a diversos apostolados e bandeiras, 540 peregrinos caminharam e rezaram as dezenas do Rosário, liderado por seminaristas que integravam os ditos grupos. Decidiu-se fazer duas paradas para descansar e ouvir breves exortações que recarregavam os espíritos para prosseguir a rota.

Para o almoço contou-se – assim como todo ano – com um quiosque e, no caso de necessidade, havia também um serviço de auxílio com carros, para apoiar aqueles que tiveram alguma dificuldade em completar a marcha, que foi concluída em um clima de alegria, para o qual o clima certamente ajudou, com céu claro e temperatura agradável, ideal para a caminhada.

Depois do meio da tarde, estávamos chegando em Luján. Outros fiéis, que não puderam fazer a caminhada, já haviam chegado na cidade a bordo de alguns ônibus fretados, somando-se aos nossos peregrinos o número aproximado de mil pessoas. As instalações do “Ateneo 9 de Julio” já estavam organizadas, onde a Missa Solene seria celebrada às 18h30, celebrada pelo Diretor do Seminário, o Padre Davide Pagliarani. O Seminário foi encarregado da preparação do lugar onde se realizou a Santa Missa, que, aliás, era muito lindo e digno, pela qual começou a ordenadamente o translado até a Basílica de Luján, para realizar ali a consagração da nossa Fraternidade, nosso Distrito e todos os nossos fiéis ao Imaculado Coração.

FOTOS DA TRADICIONAL PEREGRINAÇÃO DA FSSPX À LOURDES (2017) – TERCEIRO DIA

MISSA DA SEGUNDA FEIRA (23/10)

Foram mais de 3.000 fiéis que, neste terceiro dia de peregrinação da Tradição, assistiram à missa votiva de Cristo Rei, celebrada pelo padre Philippe Brunet na Basílica de São Pio X em Lourdes.

O Superior das Casas Autônomas de Espanha e Portugal foi assistido pelo Pe. Ludovic Girod , Diretor da Escola de São João Bosco Marlieux e pelo Pe. Arnaud d’Humières, Prior de Dijon.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O ROSÁRIO E A DESPEDIDA

Foi o padre Michel Poinsinet de Sivry, diretor da Escola São João Batista de La Salle de Camblain, que meditou o último rosário na Gruta, na presença dos fiéis que participaram dos três dias desta peregrinação 2017.

Após o rosário meditado, o padre Christian Bouchacourt, Superior do Distrito da França, agradeceu as autoridades do santuário, os organizadores, em particular a escola de Etcharry, as comunidades amigas e deu sua benção aos fiéis presentes, desejando-lhes que venham ainda em maior número no próximo ano.

Deo gratias!

Este slideshow necessita de JavaScript.

FOTOS DA TRADICIONAL PEREGRINAÇÃO DA FSSPX À LOURDES (2017) – SEGUNDO DIA

MISSA DO DOMINGO (22/10)

Foram cerca de 5.000 fiéis que, neste segundo dia de peregrinação da Tradição, assistiram à Missa solene celebrada pelo Pe. Emeric Baudot na Basílica de São Pio X em Lourdes. O Primeiro Assistente do Distrito da França foi assistido pelo Padre Guillaume Gaud, Prior de Brest-Guipavas e pelo Padre Sebastien Gabard, Prior de Bergerac .

Este slideshow necessita de JavaScript.

ROSÁRIO NA GRUTA

Após a missa solene em domingo, 23 de outubro, milhares de peregrinos visitam a Gruta para recitar o rosário meditado pelo Pe. Jean-Marie Salaün, Prior de Grenoble-Meylan .

Depois da recitação do rosário, Pe. Christian Bouchacourt, Superior do Distrito da França, cercado por seus dois assistentes, Padres Emeric Baudot e Loïc Duverger, renovaram a consagração da Fraternidade Sacerdotal São Pio X a Cristo Rei, Príncipe da Paz e Mestre das Nações.

Este slideshow necessita de JavaScript.

VÉSPERAS E PROCISSÃO DO SANTÍSSIMO

Uma vez cantadas as Vésperas Solenes, o Santíssimo Sacramento foi exposto à adoração dos fiéis. Vai começar um dos momentos mais fortes desta peregrinação: a procissão de Nosso Senhor através da esplanada do Santuário de Lourdes, onde todos poderão adorar Cristo Rei, Príncipe da Paz e Mestre das Nações através da presença real de Deus na Hóstia

A procissão eucarística é um grande momento de fervor popular, sempre muito aguardada pelos peregrinos e pelos habitantes da cidade mariana de Lourdes. Muitas vezes, os rostos estão repletos de seriedade e alegria interior à vista do Rei dos reis levado triunfante pelo santuário mariano.

” Nós vos adoramos, ó Cristo, e vos bendizemos, 
porque redimistes o mundo pela vossa santa cruz “.

Este slideshow necessita de JavaScript.

BENÇÃO DOS DOENTES COM O SANTÍSSIMO SACRAMENTO

O padre Emeric Baudot abençoou os doentes, desenhando com o ostensório o sinal da cruz perante cada um deles. Em Lourdes, Deus vem àqueles que lutam, aqueles que sofrem, aqueles que precisam ser aliviados. Como o paralítico que é descido até seu Filho, eles vieram se confiar a Ele e se entregar à sua clemência. Ao lado deles, as valentes irmãzinhas de Saint-Jean-Baptiste de Rafflay demonstraram uma caridade ímpar para atender as menores necessidades materiais de cada um deles.

As honras rendidas ao Santíssimo Sacramento não se interromperam tão cedo, porque até a meia-noite, clérigos e fiéis se revezam na imensa Basílica de São Pio X para adorar a Jesus Cristo presente na Eucaristia. Estes peregrinos vindos em massa não fizeram uma vã viagem. Eles não percorreram quilômetros nem temeram os altos e baixos da greve por um simples fim de semana prolongado de mudanças de ar ou reuniões atraentes.

Em Lourdes, eles vieram receber graças e se colocar diante de Deus realmente presente no Sacramento do Altar. Tais viagens não têm preço. Nenhuma agência turística propõe um encontro com Jesus. No entanto, em Lourdes, o peregrino permanece face a face com Deus, por intermédio de Sua Santa Mãe.

Este slideshow necessita de JavaScript.

FOTOS DA TRADICIONAL PEREGRINAÇÃO DA FSSPX À LOURDES (2017) – PRIMEIRO DIA

A MISSA DO SÁBADO (21/10) 

Cerca de 4.000 fiéis que, neste primeiro dia de peregrinação da Tradição, participaram da Missa solene celebrada pelo Pe. Patrick Troadec, na Basílica de São Pio X em Lourdes. O Diretor do Seminário Santo Cura d’Arns de Flavigny foi assistido pelo Pe. Louis-Edouard Meugniot, Diretor da Escola Estrela da Manhã de Eguelshardt e pelo Pe. Michel Poinsinet-de-Sivry, Diretor da Escola São João Batista de La salle de Camblain.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A VIA SACRA DE ESPÉLUGUES

Após a Missa onde Cristo se ofereceu por nós como uma vítima propiciatória, é sempre um grande momento de emoção realizar as duas Vias Sacras onde, em união com todos os nossos doentes, cada um oferece seus sofrimentos com uma imensa confiança em Nossa Senhora. Diante do afluxo dos fiéis às Estações da Cruz, os organizadores organizaram três grupos distintos de penitentes.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A VIA SACRA DOS DOENTES

“Sobre vossa herança fizestes cair generosa chuva, e restaurastes suas forças fatigadas” (Sl 67,10)

“Quando atravessam o vale árido, eles o transformam em fontes, e a chuva do outono vem cobri-los de bênçãos. 8.Seu vigor aumenta à medida que avançam, porque logo verão o Deus dos deuses em Sião. 9.Senhor dos exércitos, escutai minha oração, prestai-me ouvidos, ó Deus de Jacó.” (Sl 83,7-9)

Este slideshow necessita de JavaScript.

A PROCISSÃO DAS VELAS

A procissão das velas é uma oportunidade para os peregrinos “estranhos à Tradição” se juntarem às nossas orações e encontrar nessa ocasião a beleza das cerimônias do período anterior ao Vaticano II ….

Milhares de fiéis se reuniram nas planícies para uma longa e magnífica procissão de velas organizada em torno da Fraternidade Sacerdotal de São Pio X e das comunidades amigas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

MAIS DVDs À DISPOSIÇÃO

Resultado de imagem para fsspx

Prezados amigos, leitores e benfeitores, louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.

Estamos disponibilizando novamente algumas palestras proferidas pelos padres da FSSPX (Priorado de Santa Maria).

Infelizmente a quantidade é pequena e os primeiros a enviarem email (gespiox@yahoo.com.br) com a solicitação, terão suas reservas atendidas.

O valor de cada título é de R$ 40,00 (já com frete PAC incluso).

As descrições e as quantidades disponíveis estão abaixo:

A REPÚBLICA DE PLATÃO

(QTE À DISPOSIÇÃO: ESGOTADO)

  • Introdução
  • O Mundo Grego
  • A Vida de Platão
  • Resenha do Diálogo da República
  • A Virtude da Justiça
  • Paralelo entre a Alma e a Pólis
  • A Justiça e a Sabedoria
  • A Solução Cristã ao Dilema de Platão
  • Conclusão

****************************

A UNIVERSIDADE MEDIEVAL

(QTE À DISPOSIÇÃO: ESGOTADO)

  • Introdução
  • Antecedentes Históricos
  • Civilização Escolástica
  • Os Mosteiros
  • O Aparecimento das Universidades

****************************

A GESTA DE SANTA JOANA D’ARC

(QTE À DISPOSIÇÃO: ESGOTADO)

  • Introdução
  • Fim dos Tempos
  • Guerra dos Cem Anos
  • Missão de Jeanne
  • Batalha de Orleans e Sagração em Reims
  • Universidade de Paris
  • Processo e Martírio
  • Reabilitação e Canonização
  • Retrato Moral
  • Conclusão

****************************

A EDUCAÇÃO CATÓLICA DOS FILHOS

(QTE À DISPOSIÇÃO: 6)

  • A Família, Base da Educação
  • A Alma Humana
  • A Prudência da Educação
  • A Ordem do Bem Comum
  • A Cidade de Deus
  • Conclusão

ORDENAÇÕES NO SEMINÁRIO DE LA REJA (ARG)

No sábado, 7 de outubro de 2017, Festa de Nossa Senhora do Rosário, o Superior Geral da Fraternidade São Pio X, D. Bernard Fellay, celebrou uma Missa Pontifical no seminário de Nossa Senhora Corredentora em La Reja (Argentina). Dezoito seminaristas receberam tonsuras, ordens menores ou o sub-diaconato.

Este slideshow necessita de JavaScript.

  • 5 seminarista do 2º ano receberam a tonsura eclesiástica e entraram no clericato.
  • 5 seminaristas do 3º ano receberam as primeiras ordens menores de porteiro e leitor.
  • 1 seminarista do 4º ano recebeu as segundas ordens menores de exorcista e acólito.
  • 7 seminaristas do 5º ano receberam a ordenação ao sub-diaconato. Destes, 4 são argentinos, 2 brasileiros e 1 mexicano.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

O CARDEAL BURKE PODERIA FALAR DE “CISMA” EM RELAÇÃO À FSSPX?

news-header-imageFonte: DICI – Tradução: Dominus Est

No dia 15 de julho de 2017, o Cardeal Raymond Burke, Patrono da Ordem de Malta e ex-Presidente do Tribunal de Assinatura Apostólica, fez uma conferência em Medford, Oregon, nos Estados Unidos. Interrogado sobre a Fraternidade São Pio X, respondeu que, segundo ele, esta sociedade de sacerdotes está “em estado de cisma”, isso “desde que o falecido Mons. Marcel Lefebvre ordenou quatro bispos sem o mandato do Romano Pontífice. Portanto, não é legítimo assistir à Missa ou receber os sacramentos em uma igreja que está sob a jurisdição da Fraternidade São Pio X. “

Proveniente de um dos quatro cardeais signatários da Dubia sobre as passagens heterodoxas da Amoris lætitia, esta declaração, publicada na Internet por um blogueiro americano em 30 de setembro, é surpreendente em diversos aspectos.

O cardeal Burke, eminente canonista, se manifesta, sem dúvida, de forma jurídica, mas parece ignorar que, ainda que as sagrações episcopais de 1988 tenham merecido as sanções mais elevadas aos seus autores, nem os membros da Fraternidade Sacerdotal São Pio X, nem os fiéis que frequentam seus priorados, nunca foram declarados cismáticos.

Certamente, o prelado romano sabe que o Papa Bento XVI levantou, em 21 de janeiro de 2009, qualquer tipo de sanção a que os bispos da Fraternidade incorreram e, portanto, admite que os bispos da Fraternidade “não estão mais excomungados”, mas, segundo ele “não estão em plena comunhão com a Igreja Católica.” Esta “anomalia” lhe parece incompreensível, como o fato do Papa Francisco dar o poder ordinário de confessar a todos os sacerdotes da Fraternidade, e até mesmo reconhecê-los como testemunhas qualificadas da Igreja para os casamentos dos seus fiéis. Então, para declarar pura e simplesmente “em um estado de cisma”, há um passo que nenhum papa autorizou atravessar, mas que o Cardeal Burke cruza um pouco rápido demais. Continuar lendo

E A TRADIÇÃO CRESCE EM UMA EUROPA DESCRISTIANIZADA

FSSPX COMPRA A MAGNÍFICA IGREJA DE SÃO WILLIBRORD, EM UTRECHT, NA HOLANDA

Fonte: La Porte Latine – Tradução: Dominus Est

A igreja de São Willibrord foi construída na década de 1870 por ocasião do restabelecimento da hierarquia católica na Holanda. Localizado no centro histórico de Utrecht, é um dos tesouros escondidos da cidade e uma das mais belas igrejas neogóticas do país.

Ricamente ornamentada e em perfeito estado de preservação após uma esplêndida restauração interior, o edifício restitui de maneira única o ambiente medieval da época anterior à iconoclastia calvinista.

Os monumentais órgãos – construídos pelo conterrâneo Michaël Maarschalkerweerd – são uma das atrações do edifício. A igreja de São Willibrord, classificada como monumento histórico, foi designada como projeto piloto para a conservação do patrimônio arquitetônico europeu.

São Willibrord (657-739) foi o primeiro bispo de Utrecht, apóstolo da Frísia e da Holanda, do qual o Santo é padroeiro. Tem sua festa no dia 7 de novembro.

No domingo, 12 de novembro de 2017, às 10h30, em Utrecht, na Holanda, na igreja de São Willibrord, terão lugar as cerimônias de reconciliação e bênção da igreja seguidas por uma Missa Pontifical celebrada por D.  Bernard Fellay, Superior Geral da Fraternidade Sacerdotal São Pio X.

PODERIA NOS AJUDAR?

Imagem relacionada

Prezados amigos, prezados leitores e benfeitores, louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.

Vocês que acessam e gostam de nosso blogvocês que acompanham as ações da FSSPX pelo mundo, vocês que lutam pelo Reinado Social de Nosso Senhor, vocês que sabem que a Tradição é a única solução para a restauração a Igreja… AJUDE-NOS! 

Estamos, mais uma vez, pedindo vossa ajuda nessa campanha em prol da compra de um terreno e futura construção de mais uma Capela para a Tradição e para a Santa Igreja. Sabemos que o caminho é longo e árduo, por isso, toda ajuda é importante.

CLIQUE AQUI E SAIBA COMO!

Faça um gesto nobre de caridade, por amor à Santa Igreja!!

Ad Majorem Dei Gloriam

Aproveitamos para agradecer a todos que nos ajudam ou ajudaram em algum momento nessa campanha, mesmo de forma anônima. Contem com nossas orações.

Que Nossa Senhora os conduza ao caminho da santidade.

TOMADA DE BATINA EM LA REJA – ARGENTINA – 2017

No domingo 17 de setembro, festa da impressão das chagas de São Francisco, os seminaristas do primeiro ano, providencialmente, com grande alegria e entusiasmo, receberam o santo hábito da batina, dando assim seus primeiros passos à renúncia ao mundo e à entrega total à Deus.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A cerimônia teve lugar depois do sermão e, havendo terminado este, os seminaristas do ano de espiritualidade subiram ao altar e apresentaram suas batinas para que estas fossem abençoadas, depois do qual saíram à sacristia para revestirem-se pela primeira vez do hábito sagrado, e assim depois de alguns minutos, com grande alegria dos familiares que os acompanhavam, entraram revestidos com batina e sobrepeliz para receber das mãos do Padre Diretor uma pequena cruz de madeira, para que de agora em diante busquem somente identificar-se com Ele.

Queira Deus conceder-lhes a perseverança e fidelidade à sua graça.

Dos 7 seminaristas que receberam a batina, 3 deles são mexicanos, 2 argentinos, 1 colombiano e 1 de Republica Dominicana.

**************************

Nota do Blog: rezemos também, de forma particular, pelos 5 seminaristas brasileiros que serão ordenados em dezembro: 3 ao sacerdócio e 2 ao diaconato.

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

TOMADA DE HÁBITOS E PRIMEIROS VOTOS ENTRE OS IRMÃOS DA FSSPX

Em Zaitzkofen

No domingo, 24 de setembro, no seminário Sagrado Coração de Jesus, em Zaitzkofen, na Alemanha, um Irmão postulante da Fraternidade Sacerdotal São Pio X, recebeu seu hábito e, assim, começou o noviciado.

Nativo da Alemanha, o jovem recebeu o hábito do Reitor, Pe. Franz Schmidberger: uma simples batina com uma cinta fina. Na capela da Imaculada Conceição, ele recebeu também um crucifixo e um novo nome “Andreas” (vocábulo do irmão de São Pedro, o apóstolo São André).

Em sua pregação, o Pe. Frantz Schmidberger sublinhou a relação entre a crise da Igreja e o declínio da vida religiosa.

Ele mostrou ao jovem irmão, como “conselho especial”, as seis vantagens da vida religiosa registrada por São Bernardo de Claraval:

  • Conduz a uma vida mais pura seguindo os conselhos evangélicos; 
  • Raramente cai no pecado; 
  • Se levanta e se purifica mais rápido graças à prática sacramental e o exemplo dos outros religiosos; 
  • Se impregna mais profundamente do orvalho da graça; 
  • Morre com maior confiança, pois um já escolheu Deus como sua verdadeira e única possessão nesta vida; e assim Deus será o bem supremo na vida futura; 
  • Receberá como recompensa, os mais abundantes bens eternos no céu: há uma coroa especial para aqueles que consagraram suas vidas à virgindade.

A FSSPX atribui grande importância à vocação dos Irmãos (atualmente em número de 117), que se comprometem a respeitar as regras dos Irmãos da Fraternidade de São Pio X, tal como D. Lefebvre redigiu:

“Seu primeiro objetivo é a glória de Deus, sua santificação e a salvação das almas” (n. ° 3).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Em Flavigny

No dia 28 de setembro, na presença de vários sacerdotes e muitos fiéis, que o Pe. Patrick Troadec – Diretor do Seminário Santo Cura d’Ars, de Flavigny (Fra) – entregou a batina 2 Irmãos postulantes que pronunciaram em seguida, com um terceiro irmão, sua oblação na Fraternidade Sacerdotal de São Pio X, que marca o início do noviciado dos mesmos:

“Em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, aceito as promessas que acabastes de fazer e, em troca, os recebo na qualidade de noviços da Fraternidade São Pio X.”

Então o celebrante deu a cada novato um crucifixo, objeto de sua meditação ao longo de todo noviciado:

“Receba esta cruz, sinal da paixão de Jesus Cristo, para que ela seja para vós o fundamento da fé, a defesa nas adversidades e a eterna bandeira da vitória”.

Entre os três noviços, há 2 franceses e 1 italiano. Quatro novos postulantes, todos franceses, se juntaram ao seminário e começaram hoje sua formação.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Na sexta-feira, 29 de setembro de 2017, sete Irmãos pronunciaram seus votos em Flavigny na festa de São Miguel arcanjo. Três deles pela primeira vez: 1 francês, 1 camaronês e 1 canadense, na presença do Pe. Christian Bouchacourt e de um uma bela delegação de sacerdotes e irmãos do Distrito da França e da Fraternidade da Transfiguração de Mérigny, sem contar os inúmeros fiéis que cercaram os irmãos professos.

A Missa solene foi celebrada pelo Superior do Seminário Saint-Curé-d’Ars, de Flavignyo Pe. Patrick Troadec , assistido pelos padres Michaël Demierre e Jean-Marie Mavel .  

O Pe. Alain Delagneau , em seu sermão, propôs três imagens para encorajar os irmãos a serem fiéis: a vida de São José e sua prática exemplar de castidade, pobreza e obediência; São Miguel arcanjo e seu espírito contemplativo, que o fez pronunciar seu grito de guerra: ”  Quem é como Deus?  “; e a paixão de Nosso Senhor, conforto nas dificuldades e convite constante à auto-entrega.

Este slideshow necessita de JavaScript.

******************************

Nota do blog: A FSSPX conta hoje com 117 Irmão professos. Para saber mais sobre essa vocação, clique aqui.

PALESTRAS DA FSSPX (EM DVD) NOVAMENTE À DISPOSIÇÃO

Resultado de imagem para fsspxPrezados amigos, leitores e benfeitores, louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.

Por duas vezes esse ano fizemos campanha para divulgação da boa e tradicional doutrina católica, bem como do trabalho da FSSPX, através da venda de palestras que são proferidas pelos padres do Priorado de Santa Maria/RS (revejam aqui  e aqui). As unidades foram vendidas muito rapidamente, com a graça de Deus.

Mais uma vez estamos disponibilizando alguns cursos, descritos abaixo.

Infelizmente a quantidade é pequena e os primeiros a enviarem email (gespiox@yahoo.com.br) com a solicitação, terão suas reservas atendidas.

As descrições, quantidade e valores (já com frete PAC incluso) estão abaixo:

A REPÚBLICA DE PLATÃO

(4 UNIDADES – R$ 40,00)

  • Introdução
  • O Mundo Grego
  • A Vida de Platão
  • Resenha do Diálogo da República
  • A Virtude da Justiça
  • Paralelo entre a Alma e a Pólis
  • A Justiça e a Sabedoria
  • A Solução Cristã ao Dilema de Platão
  • Conclusão

****************************

A UNIVERSIDADE MEDIEVAL

(3 UNIDADES – R$ 40,00)

  • Introdução
  • Antecedentes Históricos
  • Civilização Escolástica
  • Os Mosteiros
  • O Aparecimento das Universidades

****************************

A GESTA DE SANTA JOANA D’ARC

(ESGOTADO – R$ 40,00)

  • Introdução
  • Fim dos Tempos
  • Guerra dos Cem Anos
  • Missão de Jeanne
  • Batalha de Orleans e Sagração em Reims
  • Universidade de Paris
  • Processo e Martírio
  • Reabilitação e Canonização
  • Retrato Moral
  • Conclusão

****************************

A EDUCAÇÃO CATÓLICA DOS FILHOS

(10 UNIDADES – R$ 40,00)

  • A Família, Base da Educação
  • A Alma Humana
  • A Prudência da Educação
  • A Ordem do Bem Comum
  • A Cidade de Deus
  • Conclusão

****************************

NOITE ESCURA – VIDA, OBRA E DOUTRINA DE SÃO JOÃO DA CRUZ

(Esgotado – R$ 40,00)

  • Introdução Geral
  • O desastroso século XVI
  • El Gran Imperio
  • Contemplação
  • História da Ordem Carmelita
  • Formação de São João da Cruz
  • A Reforma Teresiana
  • Prisão de Toledo
  • Prisão de Toledo e Escritos
  • Subida ao Monte Carmelo
  • Noite Escura
  • Crise Interna
  • Paixão e Morte de Fr. Juan
  • Santa Teresinha, autêntica interprete
  • Conclusão

VÍDEO DA PEREGRINAÇÃO INTERNACIONAL DA FSSPX À FÁTIMA

Como é sabido, nos dias 19 e 20 de agosto a FSSPX fez uma Peregrinação Internacional pelo centenário das aparições de Nossa Senhora em Fátima. A reportagem que publicamos sobre esse evento pode ser vista aqui, aqui e aqui.

Cerca de 10.000 fiéis de todo o mundo estiveram presentes para agradecer, pedir perdão e render graças à nossa Mãe querida.

Publicamos agora um belíssimo vídeo dessa Peregrinação:

AS DIFERENTES POSIÇÕES DO CATÓLICOS NO PÓS-CONCÍLIO

Devido ao grande número de questionamentos que recebemos – desde pessoas que querem, humildemente, entender a posição da FSSPX e crise de fé que abala a Igreja até alguns “grandes sábios de redes sociais” que nos acusam de coisas que, além de nos causar grandes risadas, mostram nitidamente que não entendem nada sobre a Tradição, relinchando jargões já refutados há décadas – republicamos um texto da década de 80, escrito pelos até então “Padres Tradicionalistas de Campos” e que permanece atual, para que cada um, de uma maneira simples, analise sua posição de católicos nessa crise pós conciliar.

AS VÁRIAS POSIÇÕES TOMADAS NA CRISE ATUAL

frame-crise-na-igreja1) PROGRESSISMOse subdivide em diversas categorias:

a) Obediência cega: aqueles que não admitem resistência às autoridades. É a posição mais cômoda na crise atual. Tem vários graus. Há até aqueles que dizem: “Prefiro errar com o Papa a acertar sem ele”“Se o Papa fosse para o inferno eu iria junto”. Peca por excesso: chama-se subserviência. Destes tais dizia São Bernardo: “Aquele que faz o mal, sob o pretexto de obediência, faz antes um ato de rebeldia do que de obediência”.

b) Ultra-progressismo: são aqueles que, seguindo os princípios do Concílio Vaticano II, são mais lógicos e vão até às últimas conseqüências, sendo mais avançados do que as próprias autoridades auto-demolidoras da Igreja, não respeitando os freios que estas, por receio de escândalo, tentam impor. São os que, por exemplo, promovem os cultos afros, na linha da inculturação preconizada por João Paulo II; são os que pregam o ecumenismo total, na linha do encontro ecumênico de Assis; são os que apóiam as invasões de terra e o socialismo, na linha da teologia da libertação, etc.

c) Oficialismo: é a posição daqueles que, talvez pelo receio de serem chamados cismáticos, procuram tranqüilizar a própria consciência dizendo que seguem as autoridades oficiais da Igreja, mesmo quando favorecem à autodemolição. É a tentação da oficialidade, que reconhecemos ser bastante forte e sedutora, como se viu na Paixão de Jesus, quando a grande maioria do povo preferiu ficar do lado das autoridades religiosas oficiais que condenavam injustamente a Jesus, que ficou com poucos amigos fiéis.

Os que defendem tal posição teriam ficado com Aarão, sumo sacerdote oficial escolhido por Deus, que levou o povo a adorar o bezerro de ouro; teriam ficado com Caifás, sumo sacerdote oficial, que condenou a Jesus, teriam ficado com o Papa Libério, que favoreceu ao semi-arianismo e excomungou Santo Atanásio; teriam ficado com o Papa Honório que foi anatematizado pela Igreja, após sua morte, por ter também favorecido à heresia.

d) Conservadorismo: são os tidos como “conservadores”, querem conservar os ritos antigos, sem resistir aos novos ritos e às novas doutrinas instaladas na Igreja. Subdividem-se em:

Bi-ritualismo, “ralliés”: São os que gostariam de conservar a Tradição (Liturgia tradicional) ao mesmo tempo que a obediência às autoridades atuais e aos seus princípios, sobretudo aos princípios inovadores do Concílio Vaticano II, aceitando a legitimidade e exatidão doutrinária do Novus Ordo. Calam-se sobre pontos da doutrina tradicional, como preço pago a serem reconhecidos na Igreja hoje. Neste grupo se incluem o Barroux, a Fraternidade São Pedro, o Instituto Cristo Rei. São os que pleiteiam a “missa do indulto” e o bi-ritualismo, isto é, a legitimidade dos dois ritos, o da Missa tradicional e o da Missa nova.

“Sirismo”: Posição do Cardeal Siri, e dos que se assemelham a ele: “Mesmo que Paulo VI seja um papa pouco ortodoxo, é preciso se submeter a ele. … A nova missa é um castigo de Deus para os padres que celebravam mal a missa antes do Concílio” (Card. Siri). Esta posição consiste em aceitar as novidades da autodemolição por espírito de submissão e sofrer com isso. Obedecer e sofrer. Posição muito espalhada também.

2) SEDEVACANTISMO (de várias gamas: desde os mais extremistas até aos mais moderados): baseia-se no mesmo princípio equivocado anterior de não admitir resistência às autoridades. Levados, talvez, até pelo zelo da ortodoxia na Igreja e não podendo conceber que as autoridades favoreçam à heresia, classificam esses desvios doutrinários como heresias formais e concluem que perderam os seus cargos. Os mais extremistas acham que se deva eleger outro Papa e organizar outra hierarquia. Outros acham que a Igreja visível acabou (=heresia!). Alguns acham que a Igreja está sem Papa desde Pio XII. Dividem-se, porém, sobre a causa exata e a data em que tal coisa aconteceu.

3) CISMÁTICOS (recentes)São aqueles que acham que a Igreja atual falhou, separaram-se dela e elegeram um outro Papa. Assim são, por exemplo, os seguidores da igreja de Palmar de Troya, na Espanha e do movimento de Santa Jovita, no Canadá.

4) NOSSA POSIÇÃO NESSA CRISE: Nós, padres de Campos que formamos a União Sacerdotal São João Batista Maria Vianney, (FSSPX) somos católicos apostólicos romanos. Não somos “lefebvristas”, porque não existe, nem nunca existiu “lefebvrismo”, porquanto Dom Marcel Lefebvre não tinha doutrina própria nem formou uma hierarquia própria. Não somos “tradicionalistas”, no sentido de que “tradicionalismo” identifica um partido na Igreja. Somos fiéis à Tradição da Igreja como todo católico sempre foi e sempre deverá ser. Nem cismáticos, nem excomungados como nos acusam, a fim de impressionar a imaginação coletiva e formar um vazio ao nosso redor.

Esta é a também a posição de Dom Marcel Lefebvre, Dom Antônio de Castro Mayer, Fraternidade São Pio X, e dos fiéis em geral ligados à Tradição.

Fonte: Católicos Apostólicos Romanos – Nossa posição, na atual crise da Igreja – Livreto editado pelos “Padres Tradicionalistas de Campos”, antes do acordo com Roma

Publicado originalmente em dez/2015

FUMAR MACONHA É PECADO?

Recentemente, tem-se havido uma grande polêmica pelas notícias de várias legislaturas (pelo mundo) propondo ou mesmo legalizando o uso da maconha para uso “recreativo”. Mas, o que é que a Igreja Católica ensina sobre o uso de maconha e outros entorpecentes? Seu consumo é pecado? 

Resultado de imagem para uso de drogas

Fonte: SSPX USA – Tradução: Dominus Est

Oferecemos duas respostas a estas frequentes questões teológicas-morais, extraídas do livro “As Melhores Perguntas e Respostas” (mais de 300 respostas dos 30 anos de perguntas feitas à revista The Angelus).

É pecado fumar maconha?

Nem os impuros, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os devassos, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os difamadores, nem os assaltantes hão de possuir o Reino de Deus” (1Cor. 6,10). A embriaguez é um excesso deliberado no uso de bebidas ou drogas intoxicantes até o ponto de privar-se forçosamente do uso da razão, para satisfazer um desejo desordenado de beber, e não para promover a saúde. Isto é contrário à virtude da Temperança, e, especificamente, à sobriedade. A sobriedade regula o desejo do homem e o uso de produtos tóxicos, e é vitalmente necessária para uma vida moral reta.

A perversão da intoxicação reside na violência cometida contra a própria natureza, privando-a do uso da razão. Quem age assim se priva do que o torna especificamente humano: sua capacidade de pensar. O bêbado, ou neste caso, o drogado, deseja essa perda da razão por uma sensação de libertação que a acompanha, precisamente pela falta de controle da vontade sobre a razão. É antinatural, ao contrário do sono, que também priva o uso da razão mas de uma forma natural.

O consumo de drogas proporciona um meio de fuga ilícito. Além de ser um pecado, manifesta também imaturidade por parte do usuário. Através de um ato de violência contra si mesmo, escapa da responsabilidade da tomada de decisões e do controle em sua vida. Quando essa privação é completa, por exemplo, a ações totalmente contrárias ao comportamento normal, a incapacidade de distinguir entre o bem e o mal, etc., é um pecado grave. “In vino veritas“, diziam os romanos, e não sem razão. Qualquer estado que não seja uma embriagues completa, sem razão suficiente, é em si mesmo um pecado venial, mas mesmo neste caso pode ser um pecado mortal se provoca escândalo, danos à saúde, danos à família, etc. Devemos enfatizar que um homem é responsável por todas as ações pecaminosas cometidas enquanto intoxicado, a qual ele tinha ou deveria ter previsto que aconteceriam.

Segundo Jone-Adelman, na Teologia Moral, o uso de drogas em pequenas quantidades, e apenas ocasionalmente, é um pecado venial se feito sem razão suficiente. Este poderia ser o caso, por exemplo, dos comprimidos para dormir. Obviamente, a perda do uso da razão através dos narcóticos deve ser julgada como o álcool. O uso da maioria das drogas se complica pelo fato de que são ilegais. Isso também significa a vontade do usuário em infringir a lei, um crime contra a justiça social. Isso agrava o pecado. A velocidade com que a droga altera a consciência também agrava seu uso. Esta velocidade poderia ter um maior potencial para privar-se do uso da razão, e, assim, passar para tóxicos mais fortes para um maior efeito.
Continuar lendo

DOM TISSIER CONFERE A TONSURA, ORDENS MENORES E SUBDIACONATO EM GOULBURN, NA AUSTRÁLIA

Concluindo uma estadia de duas semanas no Distrito de Austrália e Nova Zelândia, Sua Excelência Mons. Tissier de Mallerais visitou Goulburn para a cerimônia anual de ordenação, no Seminário da Santa Cruz, durante a festa de Assunção. Seminaristas de quatro diferentes anos de formação receberam a tonsura ou uma das ordens que permitem o acesso ao sacerdócio.

Fonte: La Porte Latine – Tradução: Dominus Est

CERIMÔNIA DE TONSURA

Foi durante a festa da Assunção de Nossa Senhora, que D. Tissier de Mallerais , bispo auxiliar da Fraternidade Sacerdotal São Pio X , conferiu a tonsura três estudantes do Seminário da Santa Cruz de Goulburn, na Austrália.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Estes três seminaristas fazem seus estudos em Goulburn mesmo, onde a FSSPX possui um seminário dirigido pelo Pe. Daniel Themann, que chamou os três futuros clérigos a comparecer perante o celebrante.

Os três novos tonsurados são:

– Pe. Pius Kim, da Coréia do Sul 
– Pe. Mikhail Del Rosario, da Nova Zelândia 
– Pe. Phillip Mujic, da Austrália.

CERIMÔNIA DAS PRIMEIRAS ORDENS MENORES

Este slideshow necessita de JavaScript.

D.Tissier de Mallerais conferiu as ordens menores de Exorcista e Acólito ao Pe. Martin Anozie,da Nigéria, e de Porteiro e Leitor aos senhores padres Daniel Yagane Cyril Alolaya, ambos das Filipinas, e Pe. Joseph Manyeki, do Quênia.

CERIMÔNIA DE ORDENAÇÃO AO SUB-DIACONATO

Este slideshow necessita de JavaScript.

Destacamos particularmente, a nova etapa do reverendo John Mwangi, do Quênia, que recebeu uma das ordens maiores, sendo ordenado sub-diácono.

Deo Gratias!

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

 

UMA SELEÇÃO DE BELAS IMAGENS DA PEREGRINAÇÃO DA FSSPX À FÁTIMA

Prezados amigos, leitores e benfeitores, louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.

Postamos abaixo uma seleção das mais belas fotos da Peregrinação Internacional da FSSPX à Fátima, pela comemoração do centenário das aparições de nossa Mãe Santíssima em Portugal.

Que Nossa Senhora ouça nossas súplicas e orações e possa olhar com benevolência pelo Seu povo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Este slideshow necessita de JavaScript.

As reportagens e fotos gerais dessa Peregrinação podem ser vistas aqui: Primeiro dia e Segundo dia.

FOTOS DO SEGUNDO DIA DA PEREGRINAÇÃO INTERNACIONAL DA FSSPX À FÁTIMA (20/08)

MISSA PONTIFICAL

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Missa Pontifícal foi celebrada por D. Bernard Fellay, Superior Geral da Fraternidade Sacerdotal São Pio X, assistido pelo Pe. Niklaus Pfluger e Pe. Alain-Marc Nély, que respectivamente são Primeiro e Segundo Assistentes Gerais da Fraternidade.

O padres assistentes foram Pe. Yves le Roux, Superior do Semiário São Tomás de Aquino (Dyllwin/EUA), Pe. Christian Thouvenot , Secretário-Geral, e Pe. Pablo Suarez, Tesoureiro Geral, que foram, respectivamente, diácono e subdiácono da cerimônia solene.

ATO DE CONSAGRAÇÃO DA RÚSSIA

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pronunciada por Dom Bernard Fellay, Superior Geral da Fraternidade Sacerdotal São Pio X,  D. Bernard Tissier de Mallerais e D. Alfonso de Galarreta, bispos auxiliares.

“Prostrados aos pés de vosso trono de graça, ó Rainha do Santíssimo Rosário, nós nos propomos cumprir tudo quanto o que de nós exigiu, que vós exprimirdes em vossa vinda, há cem anos, aparecendo a nós nesta terra.

Os abomináveis pecados ​​do mundo; as perseguições à Igreja de Jesus Cristo; mais ainda a apostasia das nações e o abandono das almas cristãs; e também o esquecimento de vossa maternidade de graça por muitos, sobrecarregam vosso Coração doloroso e Imaculado, tão unido em sua compaixão aos sofrimentos do Sagrado Coração de vosso divino Filho.

A fim de reparar tantos crimes, tendes solicitado o estabelecimento da devoção reparadora ao vosso Coração Imaculado; e, a fim de deter os flagelos de Deus que predissestes, fizestes-vos a mensageira do Altíssimo para exigir do Vigário de Jesus Cristo, unido a todos os bispos do mundo, a consagração da Rússia ao vosso Imaculado Coração. Infelizmente, vossa mensagem ainda não foi levada em consideração.

Por causa disso, a fim de antecipar o feliz dia em que o Soberano Pontífice finalmente irá aderir aos pedidos de vosso Divino Filho; sem querer atribuir uma autoridade que não nos pertence, mas por uma humilde súplica dirigida ao seu Coração Imaculado, em nosso título de bispos católicos, imbuídos de preocupação com o destino da Igreja universal e unidos a todos os sacerdotes e crentes fiéis, estamos empenhados em responder, por nossa parte, os pedidos do Céu.

Dignai-vos, ó Mãe de Deus, aceitar em primeiro lugar esse ato solene de reparação que nós apresentamos ao vosso Imaculado Coração por todas as ofensas com as quais, junto ao Sagrado Coração de Jesus, está sobrecarregado pelos pecadores e ímpios.

Em segundo lugar, nós damos, entregamos e consagramos, na medida do possível, a Rússia ao vosso Coração Imaculado: nós vos suplicamos, em vossa maternal misericórdia, que tomais esta nação sob sua poderosa proteção, de torna-la vosso domínio onde reine como rainha, uma terra predicta e abençoada. Nós vos suplicamos que vos sujeite tão bem a essa nação para que se torne um novo reino para Nosso Senhor Jesus Cristo, uma nova herança para seu cetro suave. Que retornando também de seu antigo cisma, ela volte para a unidade do único rebanho do Pastor eterno, e, que, submissa ao Vigário de vosso Divino Filho, torne-se um fervoroso apóstolo do Reinado social de Nosso Senhor Jesus Cristo no todas as nações da terra.

Nós vos suplicamos, ó Mãe de misericórdia, por esse milagre tão maravilhoso de vosso poder suplicante, para manifestar ao mundo a verdade de vossa mediação universal da graça. Dignai-vos, finalmente, ó Rainha da Paz, trazer ao mundo a paz que o mundo não pode dar, a paz das armas e a paz das almas, a paz de Cristo no Reinado de Cristo, e o Reinado de Cristo por meio do reinado de seu Coração Imaculado, ó Maria! Amém.”

TERÇO

Este slideshow necessita de JavaScript.

Por volta das 15 horas, em um lugar chamado “Os Valinhos”. onde a temperatura atingiu 39°C, e sob a sombra das oliveiras, os peregrinos rezaram o terço, com o qual se deu o encerramento da Peregrinação pelo centenário das aparições de Nossa Senhora em Fátima.

Os fiéis vindos de todo o mundo, meditaram os mistérios gloriosos graças a pregação dada em português e francês pelo Pe. Bertrand Labouche, que foi Prior de Portugal por 10 anos. O terço foi rezado ao redor da imagem de Nossa Senhora, que visitou este lugar em 19 de agosto de 1917, ou seja, quase exatamente cem anos atrás.

Durante a meditação do segundo mistério glorioso, foram citadas estas firmes palavras de São Pio X sobre o Santíssimo Rosário: “De todas as orações, é a mais bela, a mais rica em graças; é a oração que toca mais o coração da Mãe de Deus … se querem que a paz reine em suas casas, rezem o rosário em família, é a mais bela depois da oração da Santa Missa. Dê-me um exército de reze o rosário, e conquistarei o mundo!

Pe. Philippe Brunet, atual Superior da Casa Autônoma da Espanha e Portugal dirigindo-se aos mais de 9000 peregrinos presentes, disse: “Somos parte desse exército que deve cristianizar o mundo!

Para ver as fotos do primeiro dia, clique aqui.

FOTOS DO PRIMEIRO DIA DA PEREGRINAÇÃO INTERNACIONAL DA FSSPX À FÁTIMA (19/08)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Milhares de pessoas viajaram a Fátima para a Peregrinação internacional organizada pela FSSPX, nos dias 19 e 20 de Agosto, para marcar o centenário de aparições de Nossa Senhora.

A MISSA

A Missa solene de abertura foi celebrada pelo Pe. Franz Schmidberger (Superior do Seminário da Alemanha), assistido pelo Pe. Karl Stehlin (Superior do Distrito da Ásia) como diácono, e o Pe. Pascal Schreiber (Superior do Distrito Suíço) como subdiácono, na presença dos três Bispos da Fraternidade e cercado por 275 padres e seminaristas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Durante seu sermão, o padre Schmidberger recordou a atualidade da mensagem de Nossa Senhora em Fátima, convidando os peregrinos a oferecerem seus sofrimentos pela Igreja, para superar a crise que abala, e no final o coração Mary triunfo imaculado.

 A PROCISSÃO

Este slideshow necessita de JavaScript.

Peregrinos reunidos em uma grande procissão seguindo para o lugar das primeiras aparições para rezar a  Nossa Senhora de Fátima a fim de verem o triunfo do seu Coração Imaculado

A RECITAÇÃO DO TERÇO

Este slideshow necessita de JavaScript.

Peregrinos se ajoelham perante a imagem de Nossa Senhora, em Valinhos, em torno dos três bispos da FSSPX, os Assistentes e Superiores Gerais.

Estiveram presentes mais de 300 sacerdotes, Irmãos, Seminaristas, 50 Irmãs e Oblatas da Fraternidade, 60 Professoras Dominicanas e muitas outras religiosas de comunidades amigas.

VIGÍLIA DIANTE DO SANTÍSSIMO SACRAMENTO

Este slideshow necessita de JavaScript.

Durante toda a noite os fiéis ficaram em companhia de Nosso Senhor em uma adoração silenciosa, por vezes pontuada pela recitação do rosário. Muitos sacerdotes, religiosos, religiosas, da FSSPX e de comunidades amigas, permaneceram em adoração, junto aos fiéis durante toda uma longa noite de súplicas a ações de graça.

Mesmo nas horas mais “profundas” da noite – entre 01:00h e 4:00h – o Santíssimo Sacramento foi adorado sempre por muita dezenas de pessoas.

Veja também as fotos do segundo dia. Clique aqui

COMEÇA AMANHÃ A PEREGRINAÇÃO INTERNACIONAL DA FSSPX, EM FÁTIMA

Inicia-se amanhã a Peregrinação Internacional da FSSPX à Fátima, por ocasião do centenário das aparições de Nossa Senhora em Portugal.

Rezemos pelos 10.000 fiéis (de cerca de 60, dos 72 países atendidos pela FSSPX) esperados nesse evento (considerada a maior Peregrinação desse ano do Centenário) e, em particular, aos nossos muitos amigos brasileiros que estão lá. Toda essa gente será guiada por mais de 100 padres e 150 seminaristas da Fraternidade, bem como seus 3 Bispos.

Pedimos que, pela intercessão de nossa Mãe Santíssima, Nosso Senhor tenha misericórdia de Seu povo, nos proteja e ouça com benevolência nossas orações e suplicas, em especial, as da Cruzada de Rosários iniciada em 2016.

Rezemos pela proteção da FSSPX em seu combate pela verdadeira fé. Rezemos pela Igreja, nesse momento de imensa crise.

Deus, nosso refúgio e fortaleza, olhai propício para o povo que a Vós clama; e, pela intercessão da gloriosa e imaculada Virgem Maria, Mãe de Deus, de S. José, seu Esposo, dos vossos bem-aventurados Apóstolos S. Pedro e S. Paulo e de todos os Santos, ouvi misericordioso e benigno as preces que Vos dirigimos para a conversão dos pecadores, para a liberdade e exaltação da Santa Madre Igreja. Pelo mesmo Jesus Cristo Senhor Nosso. 

R: Amém

Deus, refugium nostrum et virtus, populum ad te clamantem propitius respice; et intercedente gloriosa et imaculata Virgine Dei Genitrice Maria, cum beato Joseph, ejus sponso, ac beatis apostolis tuis Petro et Paulo, et omnibus sanctis, quas pro conversione peccatorum, pro libertate et exaltatione sanctæ Matris Ecclesiæ, preces effundimus, misericors et benignus exaudi. Per eumdem Christum Dominum nostrum.

R: Amém