D. GALARRETA CONFERE ORDENS MENORES E SUBDIACONATO EM GOULBURN – AUSTRÁLIA – 2018

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: La Porte Latine – Tradução: Dominus Est

Foi por ocasião da magnífica festa da Assunção de Nossa Senhora, em 15 de agosto de 2018, que D. Alfonso de Galarreta, bispo auxiliar da Fraternidade Sacerdotal São Pio X e novo Primeiro Assistente do Pe. Davide Pagliarani, conferiu o subdiaconato e as ordens menores a 6 seminaristas do Seminário da Santa Cruz de Goulburn, na Austrália.

Galarreta conferiu pela primeira vez as ordens menores de Exorcista e Acólito a 2 seminaristas filipinos (Daniel Yagane Cyril Alolaya) e de Hostiário e Leitor para outros 3 seminaristas: Pio Kim , da Coreia do Sul, Mikhail Del Rosario, da Nova Zelândia, e Phillip Mujic, da Austrália.

É interessante notar que o Papa Paulo VI aboliu o subdiaconato e as ordens menores em seu decreto Ministeria Quaedam, de 15 de agosto de 1972, exatamente 46 anos antes das cerimônias de hoje.

180815_ordinations_galarreta_09

Finalmente, Martin Anozie entrou na primeira das ordens maiores, o subdiaconato, com seu implícito voto perpétuo do celibato, na presença de 11 sacerdotes da FSSPX, de 6 Irmãs da FSSPX e de cerca de 100 fiéis.

Ele torna-se, então, o primeiro subdiácono nigeriano da Fraternidade. No dia anterior, na vigília da Assunção, ele pronunciou seu compromisso definitivo na Fraternidade Sacerdotal São Pio X.

Ouça o sermão em áudio proferido por D. Alfonso de Galarreta em francês.

Deo gratias!

*****************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

 

DO AMOR ÀS PRÓPRIAS OPINIÕES E O DESPREZO PELA SÃ DOUTRINA

Resultado de imagem para Santo Hilário de PoitiersNão há qualquer dúvida de que toda palavra humana está sempre exposta à contradição, porque, quando há diferentes movimentos das vontades, são também diferentes os modos de pensar das mentes. Quando se luta com paixão contra os juízos dos adversários, se contradizem as afirmações a que nos opomos. Embora cada palavra conforme a verdade seja perfeita, no entanto, se cada um prefere algo diferente, a palavra verdadeira se expõe à réplica dos contraditores, porque o erro de uma vontade insensata ou perversa se afirma contra a verdade que não entende ou não quer aceitar. O desejo de contradizer persiste, inabalável, e não tem medida a obstinação em contradizer.

A vontade não se submete à razão, e o interesse não se põe a serviço da verdadeira doutrina. Procuramos razões para provar o que desejamos com empenho e adaptamos a doutrina aos nossos desejos. Então será mais de nome do que de realidade, a doutrina que imaginamos, e já não será mantida a norma da verdade, mas a do que agrada, isto é, a que a vontade usará para defender o que quer, e não a que estimulará a vontade pelo conhecimento da verdade racional. Desses vícios das vontades caprichosas, surgem as objeções das tendências contrárias e, entre a afirmação do verdadeiro e a defesa do que agrada, trava-se uma luta pertinaz, visto que a verdade se mantém e a vontade caprichosa se defende. Aliás, se a vontade não precedesse a razão, mas, mediante a compreensão da verdade, fosse movida a querer o verdadeiro, nunca a doutrina originada na vontade seria desejada. Todo desejo de doutrina seria movido pela razão, e a palavra verdadeira não encontraria oposição. Ninguém defenderia como verdadeiro o que deseja, mas sim começaria a querer o que é verdadeiro.

O Apóstolo não ignorava a existência destas vontades viciadas e, entre muitos preceitos para o anúncio da fé e a pregação da Palavra, escreveu a Timóteo: Virá um tempo em que alguns não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, segundo seus próprios desejos, como que sentindo comichão nos ouvidos, se rodearão de mestres. Desviarão os ouvidos da verdade, orientando-os para as fábulas (2Tm 4,3-4). Quando, levados pelo desejo da impiedade, não puderem suportar a sã doutrina, então reunirão os mestres que desejam, isto é, os que acumulam argumentos doutrinários adaptados a seus desejos. Não quererão ser ensinados, mas congregarão doutores para dizer-lhes o que querem, a fim de que o próprio acúmulo de pesquisadores e de mestres escolhidos e reunidos por eles satisfaça sua ânsia. Esta tão grande loucura da estulta irreligiosidade ignora qual é o espírito que os leva a não suportar a sã doutrina e desejar a corrompida. Continuar lendo

DOR DE MARIA SANTÍSSIMA EM CONSENTIR NA MORTE DE JESUS

mariaProprio Filio suo non pepercit, sed pro nobis omnibus tradidit illum ― «Não poupou a seu próprio Filho, mas entregou-o por nós todos» (Rm 8, 32).

Sumário. Embora Maria Santíssima já tivesse consentido na morte de Jesus Cristo, desde que aceitou a maternidade divina, quis todavia o Pai Eterno, que ela renovasse o consentimento no tempo da Paixão, afim de que, juntamente com a vida do Filho, fosse também sacrificado o coração da Mãe. Pelos merecimentos deste consentimento tão espontâneo como doloroso, a Santíssima Virgem foi feita Reparadora do gênero humano, e credora de toda a nossa gratidão. Quantos, porém, lhe pagam com a ingratidão mais monstruosa, renovando pelo pecado a paixão do Filho e as dores da Mãe!

**************************

Ensina Santo Tomás que, conferindo a qualidade de mãe direitos especiais sobre os filhos, parece conveniente que Jesus, inocente e sem culpa própria merecedora de suplício, não fosse destinado à morte de cruz sem que a Santíssima Virgem consentisse e o oferecesse espontaneamente a morrer. Verdade é que Maria já dera o seu consentimento quando foi escolhida para Mãe do Redentor. Quis, porém, o Eterno Pai que ela o renovasse no tempo da Paixão, afim de que, juntamente com o sacrifício da vida do Filho, fosse também sacrificado o coração da Mãe.

A Bem-Aventurada Virgem, ao pensar no Filho amado, que em breve ia perder, tinha os olhos sempre arrasados de lágrimas, e, como ela mesma revelou à Santa Brígida, um suor frio corria-lhe pelo corpo, por causa do temor do doloroso espetáculo que se avizinhava. Eis que, chegando finalmente o dia destinado, veio Jesus e chorando se despediu da Mãe, para ir morrer. Diz Cornélio a Lapide que, para compreendermos a dor que Maria então sentiu, seria mister que compreendêssemos o amor que tal Mãe tinha a tal Filho. Como, porém, poderemos fazer ideia disso?

Ah! os títulos unidos de serva e mãe, de filho e Deus acenderam no coração da Virgem um incêndio composto de mil incêndios, de tal modo que São Guilherme de Paris chega a dizer que Maria amou a Jesus Cristo tanto, que uma pura criatura não seria quase capaz de amá-lo mais: Quantum capere potuit hominis modus. No tempo da Paixão, todo este incêndio de amor se converteu num mar de dor. Pelo que São Bernardino disse: «Todos os sofrimentos do mundo, se fossem ajuntados, não poderiam igualar à dor de Maria». Pobre Mãe! E nós não nos compadeceremos dela? Continuar lendo

ENTRADA NOS SEMINÁRIOS DA FSSPX NO HEMISFÉRIO SUL

news-header-imageFonte: DICI – Tradução: Dominus Est

Os Seminários da Fraternidade São Pio X no Hemisfério Sul tiveram seus inícios letivos neste mês de março, dedicado a São José, patrono da Igreja universal. 

Na Argentina, o Seminário Nossa Senhora Corredentora, em La Reja, está acolhendo 15 estudantes no ano das humanidades, bem como 9 seminaristas no primeiro ano de espiritualidade: 4 brasileiros, 2 argentinos, 1 espanhol, 1 mexicano e 1 americano. Um postulante a Irmão vindo do México também bateu à porta do Seminário, que abriga um noviciado dos Irmãos da Fraternidade São Pio X.

Na Austrália, o Seminário da Santa Cruz, em Goulburn, está acolhendo 2 estudantes no ano de humanidades, bem como 6 seminaristas no primeiro ano de espiritualidade: 3 sul-coreanos, 1 australiano, 1 filipino, 1 nigeriano. Três postulantes a Irmãos (1 australiano, 1 indiano e 1 nigeriano) também entraram no noviciado dos Irmãos.

Com os ingressos do outono de 2017 em Zaitzkofen (Alemanha), Flavigny (França) e Dillwyn (EUA), o número total de admissões nos seminários da Fraternidade para este ano letivo é de 53 seminaristas no primeiro ano.

COMEMORAÇÃO DA LANÇA E DOS CRAVOS DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

123Unus militum lancea latus eius aperuit, et continuo exivit sanguis et aqua ― “Um dos soldados abriu-Lhe o lado com uma lança, e imediatamente saiu sangue e água” (Io. 19, 34).

Sumário. Sendo o coração um dos primários órgãos da vida, claro está que tem parte principal nos afetos do homem, tanto nos bons como nos maus. Exatamente para sarar esta raiz viciada dos pecados, quis Jesus Cristo que seu Coração fosse traspassado pela lança, assim como pouco antes, para expiar a culpa de Adão em estender a mão ao fruto vedado, e para reparar os abusos da liberdade, quis que as mãos e os pés lhe fossem traspassados pelos cravos. Ó inventos admiráveis do amor de Deus! E nós não amaremos?

***************************

Reflete um devoto escritor que na Paixão de Jesus Cristo tudo foi excesso assombroso. Hebreus e Gentios, sacerdotes e seculares, todos juntos conspiraram para fazê-Lo, como o predissera Isaías, o homem de dores e de desprezos. Causa horror a consideração do complexo de maus tratos e injúrias que fizeram Jesus sofrer em menos da metade de um dia, desde a captura até à morte. Mas quem não esperaria que ao menos depois da morte teriam deixado de ultrajá-Lo? Todavia não sucedeu assim.

Refere São João, que os Judeus, para não deixarem os corpos na cruz durante o sábado de Páscoa, pediram a Pilatos que mandasse quebrar as pernas aos supliciados e que os fizessem descer da cruz (1). Eis que Maria, enquanto está chorando a morte do Filho, vê alguns homens, armados de barras de ferro, que se avizinham de Jesus. À tal vista, primeiramente tremeu de espanto, depois disse assim, como medita São Boaventura: Parai; ah! Meu Filho já está morto! Deixai de o injuriar e deixai também de me atormentar mais a mim, sua pobre Mãe! Mas, enquanto está assim falando, vê, ó Deus! Um soldado que vibra com ímpeto uma lança e com ela abre o lado de Jesus: Unus militum lancea latus eius aperuit.

A esse golpe tremeu a cruz, o Coração de Jesus ficou dividido e saiu sangue e água. Não havia mais sangue além daquelas gotas restantes, que o Salvador também quis derramar, para nos fazer entender que não tinha mais sangue para nos dar. A injúria daquela lançada foi de Jesus, mas a dor foi toda de Maria Santíssima. Continuar lendo

22 DE AGOSTO – DIA DO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA

Resultado de imagem para imaculado coração

***********************************

LADAINHA DO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA

Senhor, tende piedade de nós
Cristo, tende piedade de nós
Senhor, tende piedade de nós

Cristo, olhai-nos.
Cristo, escutai-nos

Deus Pai celestial, Tem misericórdia de nós.
Deus Filho Redentor do mundo, Tem misericórdia de nós.
Deus Espírito Santo, Tem misericórdia de nós.
Santa Trindade, um só Deus, Tem misericórdia de nós.

Santa Maria, Coração Imaculado de Maria, rogai por nós 
Coração de Maria, cheio de graça, rogai por nós 
Coração de Maria, vaso do amor mais puro, rogai por nós 
Coração de Maria, consagrado íntegro a Deus, rogai por nós 
Coração de Maria, preservado de todo pecado, rogai por nós 
Coração de Maria, morada da Santíssima Trindade, rogai por nós 
Coração de Maria, delícia do Pai na Criação, rogai por nós 
Coração de Maria, instrumento do Filho na Redenção, rogai por nós 
Coração de Maria, a esposa do Espírito Santo, rogai por nós 
Coração de Maria, abismo e prodígio de humildade, rogai por nós 
Coração de Maria, medianeiro de todas as graças, rogai por nós 
Coração de Maria, batendo em uníssono com o Coração de Jesus, rogai por nós 
Coração de Maria, gozando sempre da visão beatífica, rogai por nós 
Coração de Maria, holocausto do amor divino, rogai por nós 
Coração de Maria, advogado ante a justiça divina, rogai por nós 
Coração de Maria, transpassado por uma espada, rogai por nós 
Coração de Maria, Coroado de espinhos por nossos pecados, rogai por nós 
Coração de Maria, agonizando na paixão de teu Filho, rogai por nós 
Coração de Maria, exultando na Ressurreição de teu Filho, rogai por nós 
Coração de Maria, triunfando eternamente com Jesus, rogai por nós 
Coração de Maria, fortaleza dos cristãos, rogai por nós 
Coração de Maria, refúgio dos perseguidos, rogai por nós 
Coração de Maria, esperança dos pecadores, rogai por nós 
Coração de Maria, consolo dos moribundos, rogai por nós 
Coração de Maria, alívio dos que sofrem, rogai por nós 
Coração de Maria, laço de união com Cristo, rogai por nós 
Coração de Maria, caminho seguro ao Céu, rogai por nós 
Coração de Maria, prenda de paz e santidade, rogai por nós 
Coração de Maria, vencedora das heresias, rogai por nós 
Coração de Maria, da Rainha dos Céus e Terra, rogai por nós 
Coração de Maria, da Mãe de Deus e da Igreja, rogai por nós 
Coração de Maria, que por fim triunfarás, rogai por nós 
Cordeiro de Deus que tiras o pecado do mundo, Perdoai-nos Senhor 
Cordeiro de Deus que tiras o pecado do mundo, Escutai-nos Senhor 
Cordeiro de Deus que tiras o pecado do mundo, Tem misericórdia de nós.

Rogai por nós Santa Mãe de Deus
R. Para que sejamos dignos de alcançar as promessas de Nosso Senhor Jesus Cristo

Oremos:
Vós que nos tens preparado no Coração Imaculado de Maria uma digna morada de teu Filho Jesus Cristo, concedei-nos a graça de viver sempre conforme a sua vontade e de cumprir seus desejos.
Por Cristo teu Filho, Nosso Senhor. Amém

DO SÍMBOLO DOS APÓSTOLOS, CHAMADO VULGARMENTE O CREDO – CAPÍTULO X – PARTE 1

pio xDo nono artigo do “Credo”

§ 1o – Da Igreja em geral

142) Que nos ensina o nono artigo do Credo: creio na Santa Igreja Católica; na Comunhão dos Santos?

O nono artigo do Credo ensina-nos que Jesus Cristo fundou sobre a terra uma sociedade visível, a qual se chama Igreja Católica, e que todas as pessoas que fazem parte desta Igreja estão em comunhão entre si. 

143) Por que, depois do artigo que trata do Espírito Santo, fala-se imediatamente da Igreja Católica?

Depois do artigo que trata do Espírito Santo, fala-se imediatamente da Igreja Católica, para indicar que toda a santidade da mesma Igreja procede do Espírito Santo, que é o autor de toda a santidade. 

144)  Que quer dizer esta palavra Igreja?

A palavra Igreja quer dizer convocação ou reunião de muitas pessoas.  Continuar lendo

QUE TAL UM GESTO DE CARIDADE NESSE MÊS?

caridPrezados amigos e leitores, que tal um gesto de caridade esse mês, contribuindo, de acordo com a verdadeira caridade (que é católica), para a santificação de tantos que tem sede da Verdade, pelo Reinado Social de Nosso Senhor e pela exaltação da Santa Igreja.

CLIQUE AQUI e saiba como nos ajudar.

Ad Majorem Dei Gloriam

Aproveitamos para agradecer a todos que nos ajudam ou ajudaram em algum momento nessa campanha, até mesmo de forma anônima. Contem com nossas orações.

Que Nossa Senhora os conduza ao caminho da santidade.

AJUDE-NOS!

Prezados amigos, prezados leitores e benfeitores, louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.

Estamos, mais uma vez, pedindo vossa ajuda nessa campanha em prol da compra de um terreno e futura construção de nossa Capela.

Vocês que acessam e gostam de nosso blogque acompanham as ações da FSSPX pelo mundo, vocês que lutam pelo Reinado Social de Nosso Senhor, vocês que tem a Tradição como a única solução para restaurar a Igreja…ajude-nos! 

Faça um gesto nobre da verdadeira caridade, por amor à Santa Igreja….

E que Deus, pela intercessão de nossa Mãe Santíssima, possa lhes recompensar de alguma forma!

Clique na imagem e saiba como ajudar!

cruz

ORDENAÇÕES AO DIACONADO EM WINONA (EUA)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: Seminário de La Reja (Argentina)

Durante a última semana de novembro, o Seminário Santo Tomás de Aquino (Winona/EUA) teve a graça de receber a visita de Dom Tissier de Mallerais, que completou 70 anos de idade em setembro durante uma visita ao Seminário de La Reja.

Na terça-feira, 24 de novembro, Dom Tissier começou as festividades da semana com uma solene Missa Pontifical em ação de graças por seus 40 anos de sacerdócio. Deu durante a semana uma série de conferências aos seminaristas sobre os acontecimentos da década de 1980 que culminaram com as consagrações episcopais de 1988.

No sábado, 28 de novembro, Dom Tissier promoveu três seminaristas ao diaconato:

  • Paul-Isaac Franks (inglês)
  • Brandon Haenny (americano)
  • Francis Palmquist (americano)

No sermão, o bispo falou sobre os três poderes principais do diácono: ajudar no altar, batizar e pregar. Usou também o exemplo do diácono e primeiro mártir Santo Estêvão, que defendeu com eloquência e valentia a fé católica, professando a divindade de Cristo, derramou seu sangue em testemunho da verdade e morreu perdoando seus inimigos.

NO MÊS DO NASCIMENTO DE NOSSO SENHOR…

carid…que tal um gesto nobre, contribuindo, de acordo com a verdadeira caridade por Seu Reinado Social, pela exaltação de Sua Igreja e pela santificação de tantos que tem sede da Verdade,

CLIQUE AQUI e saiba como nos ajudar.

Ad Majorem Dei Gloriam

Aproveitamos para agradecer a todos que nos ajudam constantemente ou ajudaram em algum momento nessa campanha, até mesmo de forma anônima. Sabemos que há um longo caminho até essa obra de concretizar, porém contamos com a ajuda de nossos amigos e leitores.

Contem com nossas orações. Que Deus os abençoe.