ALEMANHA: RUMO AO COLAPSO DOS SEMINÁRIOS

Fonte: DICI – Tradução: Dominus Est

Em 1962, ano de abertura do Concílio Vaticano II, a Alemanha ordenou 557 sacerdotes. Quase 60 anos depois, em 2020, apenas 57 ascenderam ao sacerdócio. A Igreja da Alemanha, mais do que nunca presa no pântano sinodal, luta para encontrar soluções. 

Essa é uma tendência alarmante“, preocupa-se Thomas Sternberg, presidente do Comitê Central de Católicos Alemães (Zdk), que especifica que “no ano passado, houve apenas 1 ordenação para cada 11 padres que se aposentaram“. 

Uma tendência essencial que não parece se reverter diante da situação dos seminários alemães: “o número de candidatos ao sacerdócio católico passou de 594 em 2011 para 211 atualmente“, explica Mons. Heinrich Timmerevers, bispo de Dresden-Meissen . Uma estatística que revela o colapso do número de seminaristas nas casas de formação.  

Consequência previsível: apenas 3 seminários diocesanos – os de Mainz, Munique e Munster – poderiam permanecer abertos, estima o grupo de trabalho da Conferência dos Bispos da Alemanha (DBK), co-presidida por Mons. Timmerevers. 

Em vista de uma situação tão catastrófica, fruto da secularização acelerada e da apostasia silenciosa de muitos, a única solução seria o retorno à Tradição, à Missa para sempre, à Filosofia e Teologia de Santo Tomás de Aquino, o que implicaria afastar-se das novidades envenenadas pelo Concílio Vaticano II. 

Naufrágio da fé 

Os prelados alemães não estão prontos para tal questionamento e preferem negar a realidade, acelerando ainda mais a revolução. Assim, Mons. Georg Bätzing, Bispo de Limbourg e presidente da Conferência Episcopal Alemã, prevê uma nova maneira de aliviar a crise vocacional. A fim de corrigir a situação, ele acredita ter encontrado uma solução na proposta do Caminho Sinodal e recomenda “pedir ao Vaticano que a questão da ordenação diaconal feminina, novamente aberta pelo Papa, continue e que Roma responda positivamente”. 

Infelizmente, a cegueira da Igreja na Alemanha vem de longa data. As teses mais progressistas, especialmente em moral, florescem lá há 50 anos com a bênção dos Bispos. Tendo semeado o vento e colhido a tempestade, chegou a hora de naufragar. 

 

CRISE NA IGREJA: O SACERDÓCIO

Excelente sermão do Revmo. Pe. Samuel Bon, do Priorado São Pio X de Lisboa, por ocasião do IV Domingo depois de Pentecostes 2020, sobre o verdadeiro significado do sacerdócio católico, a sua importância e a sua íntima ligação com o Santo Sacrifício da Missa

ORDENAÇÕES DIACONAIS E SACERDOTAIS EM ZAITZKOFEN – 2020

Fonte: DICI – Tradução: Dominus Est

As ordenações de final de ano foram realizadas no Seminário Internacional do Sagrado Coração, em Zaitzkofen, Baviera (Alemanha).

Na sexta-feira, 19 de junho de 2020, na festa do Sagrado Coração, D. Alfonso de Galarreta, Bispo Auxiliar da Fraternidade São Pio X e Primeiro Assistente Geral, ordenou 6 diáconos: 2 alemães, 2 tchecos, 1 austríaco e 1 lituano.

No dia seguinte, sábado, 20 de junho, D. de Galarreta ordenou, para toda a eternidade, 3 sacerdotes: 1 alemão, 1 austríaco e 1 polonês.

Este slideshow necessita de JavaScript.

As próximas ordenações ocorrerão em Ecône no sábado, 27 de junho (diaconato) e 29 de junho (sacerdócio) .

ORDENAÇÕES EM DILLWYN (EUA): DIA DE JÚBILO NO SEMINÁRIO SANTO TOMÁS DE AQUINO

ordinations2020_24_dFonte: DICI – Tradução: Dominus Est

A alteração do calendário também atingiu as cerimônias de ordenações no seminário de Dillwyn, que foram antecipadas neste ano.

No sábado, 6 de junho de 2020, Sábado das Quatro-Têmporas, D. Fellay ordenou 4 padres para a Fraternidade São Pio X (todos americanos), no seminário Santo Tomás de Aquino, localizado em Dillwyn (Virgínia/EUA).

Ele ordenou também 4 diáconos – 3 americanos e 1 irlandês.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Esta cerimônia constitui a primeira das ordenações dos seminários do hemisfério norte, antes das que ocorrerão em Zaitzkofen (Alemanha) e Ecône (Suíça). No total, a FSSPX receberá 16 novos sacerdotes durante este mês de junho de 2020.

A Fraternidade conta com 6 seminários internacionais que formam, todos os anos, os sacerdotes de que a Igreja necessita.

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

UM BELO EXEMPLO SOBRE A ORAÇÃO, TÃO NECESSÁRIA ÀS VOCAÇÕES RELIGIOSAS

323 VOCAÇÕES RELIGIOSAS – A ORAÇÃO FAZ MILAGRES 

Fonte: FSSPX México – Tradução: Dominus Est

Grande é, na verdade, a messe, mas os operários poucos. Rogai, pois, ao dono da messe que mande operários para a sua messe.” (Lc. 10, 2).

Em 1881, as mulheres de Lu (Monferrato), uma pequena cidade ao norte da Itália, levaram muito a sério essa exortação de Nosso Senhor Jesus Cristo. Toda semana elas se reuniam em sua igreja rezando junto com seu pároco em frente ao Sacrário para pedir vocações religiosas. Além disso, rezaram com essa intenção todo primeiro domingo do mês após receber a Santa Comunhão, e no final da Missa, rezavam juntas a seguinte oração:

“Oh Senhor, dei-me a graça de que um dos meus filhos se torne sacerdote. Eu mesma quero viver como uma boa cristã e instruir meus filhos para todo o bem, para que eu consiga a graça de poder oferece- Lhe, ó Senhor, um santo sacerdote.”

Deus escutou aquelas súplicas como ninguém havia esperado: dentro de algumas dezenas de anos, havia na pequena cidade de Lu, que contava com apenas 3.000 habitantes, 323 vocações religiosas, entre eles: 2 bispos, 152 padres e 171 religiosas. O mais conhecido dos sacerdotes é Filipo Rinaldi, que fora o terceiro sucessor de São João Bosco na direção da Ordem dos Salesianos.

A Santa Igreja precisa de muitos santos sacerdotes. Como isso pode ser acontecer? Nosso Senhor nos dá a solução: “Grande é a messe“, diz Ele, “mas os operários são muito poucos. Rogai, pois, ao dono da messe que mande operários para a sua messe“. Há, portanto, uma solução para a falta de sacerdotes; um remédio eficaz. Não importa a idade que tenhamos, sempre podemos contribuir efetivamente para a obtenção de santos sacerdotes: é necessário rezar, rezar ao Deus bom todos os dias, para que ele possa enviar operários à sua messe. Se não temos padres é, sobretudo, porque não rezamos o suficiente para obtê-los.

ORAÇÃO PARA PEDIR VOCAÇÕES RELIGIOSAS

O Pai Nosso Sacerdotal:

Pai nosso que estais no céu …

Para que Vosso nome seja santificado, para que sejais conhecido e amado por todos os homens … DAI-NOS SANTOS SACERDOTES.

Para que o Vosso Reino venha e para que a Igreja se expanda por toda a face da Terra … DAI-NOS SANTOS SACERDOTES.

Para que todos conheçamos Vossa Vontade e possamos cumpri-la … DAI-NOS SANTOS SACERDOTES.

Para que todos os homens tenham sempre à sua disposição o Pão Diário: a Santa Eucaristia e que saibam aproveitá-la … DAI-NOS SANTOS SACERDOTES.

Para que possamos obter o perdão de Deus no Tribunal da Penitência e para que, em todos os lugares, reine a santa caridade e a paz… DAI-NOS SANTOS SACERDOTES.

Para que possamos resistir às tentações, aos ataques e às seduções do demônio … DAI-NOS SANTOS SACERDOTES.

Para que sejamos livres de todo mal e cheios de todo bem … DAI-NOS SANTOS SACERDOTES.

Padre Lionel Héry 

Oh, Jesus, eterno Pastor das almas,
dignai-Vos enxergar com olhos de misericórdia
para esta porção do seu amado rebanho.
Senhor, gememos na orfandade,
dai-nos vocações, dai-nos sacerdotes e religiosos santos.
Pedimos isso através da intercessão de Vossa Mãe Imaculada, Santa Maria de Guadalupe.
Ó Jesus, dai-nos sacerdotes segundo vosso coração. Amém

Senhor, dai-nos sacerdotes
Senhor, dai-nos santos sacerdotes
Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes
Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas
Senhor, dai-nos famílias católicas

São Pio X, rogai por nós

D. FELLAY CONFERE ORDENAÇÕES DAS ORDENS MENORES A 17 SEMINARISTAS NOS EUA

Na manhã de sábado, 18 de abril, Mons. Bernard Fellay celebrou a Missa anual de Ordenação das quatro Ordens Menores e do Subdiaconato.

Fonte: St. Thomas Aquinas Seminary  – Tradução: Dominus Est

No sábado de Páscoa, comumente chamado Sabbato in Albis, D. Fellay ordenou 13 seminaristas nas Ordens Menores: 3 para as Ordens de Hostiário e Leitor e 10 para as Ordens de Exorcista e Acólito. Outros 4 seminaristas deram o passo decisivo para as ordens maiores ao receberem o Subdiaconato.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Hostiário é encarregado de guardar e cuidar da igreja e o Leitor da catequese. O Exorcista recebeu o poder de expulsar demônios em nome de Cristo. O Acólito dá mais um passo aproximando-se do altar, em sua participação no Santo Sacrifício e é especialmente chamado à levar a luz de Cristo aos fiéis por meio de seus ensinamentos e exemplos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Aqueles que recebem o Subdiaconato fazem sua perpétua e irrevogável entrega de si a Deus e Sua Igreja. O passo, que é dado em seu rito de ordenação, simboliza sua completa e total renúncia a tudo o que não é de Cristo e sua resolução de não participar de nada além do que Lhe diz respeito. O Subdiácono se afasta, para sempre, das coisas do mundo e compromete-se exclusivamente a Cristo e Sua Noiva Imaculada, a Igreja. Com essa entrega voluntária, o Subdiácono está vinculado a uma vida de perfeita castidade e à recitação diária do Ofício Divino, unindo sua própria oração às orações de todo o Corpo Místico. O Subdiácono também sobe os degraus do altar onde assiste diretamente o Diácono durante a Missa e derrama, no cálice, a gota de água durante o ofertório.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Antes de conferir as ordens, D. Fellay lembrou aos ordenandos:

“Esses passos que a Igreja oferece, esses sete passos em direção à ordenação sacerdotal devem nos lembrar a majestade desse chamado. A infinita majestade de Deus e do Santo Sacrifício exigem essa reverência, essa preparação, passo a passo em direção ao altar.”

Em meio a esse tempo de incertezas, agradeçamos a Deus por Seus muitos dons, mas principalmente pelo dom das vocações sacerdotais.

NOTA DO BLOG: Sobre as Ordens na Igreja, leiam esse post sobre o assunto: AS ORDENS SAGRADAS

TRATADO DO MINISTÉRIO ECLESIÁSTICO

Resultado de imagem para eclesiástico

TRATADO DO MINISTÉRIO ECLESIÁSTICO (escrito em 1863)

Padre Emmanuel Marie André (Abade do Mosteiro de Nossa Senhora da Santa Esperança)

Mesnil-Saint Loup — França

[Nota da Permanência: O Padre Emmanuel-André já é conhecido dos nossos leitores e fiéis, pelos livros editados pela nossa editora. Agora apresentamos um curto, porém denso Tratado sobre a vida sacerdotal, seu fundamento, sua santidade, e também seus desvios. Que todos os nossos leitores possam aproveitar de tão belo texto e pedir muito à Virgem Maria que nos envie muitos santos padres, fiéis à Tradição, fiéis à Santa Igreja, fiéis ao Sangue derramado por Nosso Senhor Jesus Cristo sobre a Cruz.]

TOMADAS DE BATINA E TONSURAS EM 3 SEMINÁRIOS DA FSSPX NO HEMISFÉRIO NORTE

Seminário de Flavigny, França

D. Bernard Fellay entregou o hábito eclesiástico a 8 seminaristas, todos franceses.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Seminário de Zaitzkofen, Alemanha

D. Alfonso de Galarreta, bispo auxiliar da Fraternidade São Pio X e primeiro Assistente Geral, entregou o hábito eclesiástico a 9 candidatos: 5 suíços, 3 alemães e 1 polonês.

Ele também concedeu a tonsura a outros 5 candidatos: 2 austríacos, 1 alemão, 1 lituano e 1 suíço, bem como as Ordens Menores a 6 seminaristas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Seminário de Dillwyn, Estados Unidos

D. Tissier de Mallerais entregou o hábito eclesiástico a 17 seminaristas, sendo 16 americanos e 1 canadense.

Conferiu também a tonsura a 20 seminaristas, sendo 18 americanos e 2 irlandeses.

Este slideshow necessita de JavaScript.

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

RECRUTAMENTO DE BISPOS: A SURPREENDENTE OBSERVAÇÃO DO CARDEAL OUELLET

Fonte: DICI – Tradução: Dominus Est

Se alguém aspira ao episcopado, deseja uma boa função“, escreve o apóstolo São Paulo (1Tim 3,1). Quase dois mil anos depois, essa aspiração parece ser mais rara, acredita o cardeal Marc Ouellet, prefeito da Congregação para os Bispos. 

O prelado explica: “Quando cheguei à Congregação para os Bispos há quase uma década, um em cada dez recusava o episcopado, citando razões pessoais entre outras. Agora, são três vezes mais.” O cardeal acrescenta: “Talvez isso se deva ao fato de que eles não se sentem capazes, que lhes faltem fé ou que tenham dificuldades pessoais; ou então preferem não correr o risco de prejudicar a Igreja”. 

Essa situação, continua Mons. Ouellet, deve estar relacionada à “crise geral de fé” predominante em grande parte do mundo, que também se manifesta “no casamento, na vida consagrada, na vida sacerdotal e na cultura”. Essa lúcida constatação não chega a questionar a orientação da Igreja há mais de cinquenta anos. Não há ligação entre a crise geral da fé, do sacerdócio, da vida religiosa e da moral católica e as profundas reformas empreendidas em nome do Concílio Vaticano II?  

Criado cardeal em 2003 por João Paulo II, Mons. Ouellet foi chamado a Roma por Bento XVI em 2010. Sua análise permanece, de fato, sucinta e “bergogliana“. Assim, desenhando o retrato-falado do candidato ideal para o episcopado, ele afirma: “não basta enfatizar as verdades da fé, porque a cultura mudou muito nos últimos quarenta anos, uma nova era de diálogo se abriu”

Usando elementos da linguagem caras ao Papa Francisco, o alto prelado lembra que a Igreja precisa de “menos professores do que pastores, que têm empatia e estão interessados ​​nos pobres e nas periferias“. Palavras vazias que ignoram as soluções reais. 

Por outro lado, a lei da Igreja enumera as qualidades daqueles que são chamados ao episcopado: eles devem ter “boa moral e ter piedade, zelo pelas almas, prudência e outras qualidades que os tornam aptos para governar uma diocese”; eles devem dedicar seus esforços “à preservação da pureza da fé e dos costumes do clero e do povo, especialmente entre as crianças e pessoas menos instruídas; devem garantir que a educação de crianças e jovens seja dada de acordo com os princípios da religião católica.” (Cânones 331 a 336 do código de 1917). 

O que a Igreja precisa para sair da crise geral de fé são os bispos santos, fiéis aos deveres de seu ofício de conservar e transmitir a pureza da fé e dos costumes. 

ORDENAÇÕES SACERDOTAIS E DIACONAIS EM LA REJA – 2019

50_ordenaciones_diaconado_y_sacerdocio_2019_0Neste sábado, 21 de dezembro de 2019, D. Bernard Fellay procedeu com as ordenações ao diaconato e sacerdócio dos seminaristas do 5º e 6º anos, respectivamente, com a ordenação de 4 diáconos (2 argentinos, 1 brasileiro e 1 guatemalteco) e 4 sacerdotes, todos eles argentinos.

Fonte: Seminario Nuestra Señora Corredentora e La Porte Latine

Este slideshow necessita de JavaScript.

Trinta e dois padres impuseram as mãos nos ordenandos:

  • José CALDERÓN, de Mendoza
  • Gastón DRIOLLET, de Mendoza
  • Agustín ROVAGNATI, de Del Viso
  • Álvaro ZONANA, de Mendoza

Este slideshow necessita de JavaScript.

Graças a Deus, um dia bonito também nos acompanhou, que também se tornou muito fresco desde as primeiras horas da manhã.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Agradecemos a Deus por esses novos sacerdotes, que celebraram (desde ontem) e celebrarão suas primeiras missas solenes, tanto no seminário quanto em outras capelas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Rezemos muito pela santificação e perseverança deles, e por um fruto abundante de seu apostolado.

Neste ano de 2019 houve a ordenação de 18 novos padres para a FSSPX, que hoje tem 3 bispos e 656 sacerdotes.

**************************

NOTA DO BLOG: no rito de ordenação tradicional, após o Bispo ungir e consagrar a mão do ordenado com o óleo do crisma, é amarrado em suas mãos um pano branco chamado “manutergium”.

34_ordenaciones_diaconado_y_sacerdocio_2019_0Após esse momento os neo-sacerdotes entregam o pano às suas respectivas mães, que devem guardá-lo durante toda sua vida e, em sua morte, ser enterrada junto a ele. Segundo a tradição, quando essa mulher se apresentar diante de Deus, Ele dirá: “Eu te dei a vida. O que me destes?” Então ela Lhe entregará o Manutérgio (ou Manustérgium) e responderá: “Eu Lhe entreguei meu filho como sacerdote.”

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

ORDENAÇÕES NO SEMINÁRIO DE GOULBURN (AUSTRÁLIA) – 2019

Este slideshow necessita de JavaScript.

Na quinta-feira, 19 de dezembro, D. Tissier de Mallerais ordenou 1 padre nigeriano e 3 diáconos (2 filipinos e 1 queniano) para a Fraternidade São Pio X, no Seminário da Santa Cruz, na Austrália.

Deo gratias!

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

D. ALFONSO DE GALARRETA ORDENA DOIS PADRES NA UCRÂNIA

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: DICI – Tradução: Dominus Est

No domingo, 17 de novembro, Sua Excelência D. Alfonso de Galarreta ordenou sacerdotes 2 diáconos da Fraternidade São Josafá, em Lvov, Ucrânia. Essa ordenação eleva para 21 o número de padres dessa comunidade amiga da Tradição, que são ordenados pelos Bispos da Fraternidade São Pio X. Uma delegação do Seminário de Zaitzkofen esteve presente para esta cerimônia. 

A Santa Fraternidade do Hieromartir São Josafá Koncévitch, mais conhecida por Fraternidade Sacerdotal São Josafá, é uma sociedade de padres católicos ucranianos de rito oriental eslavo.

Colocada sob o patrocínio de São Josafá Koncévitch (1584-1623), a Fraternidade foi fundada no ano 2000 pelo Padre Basil Kovpak. Seu objetivo é a formação de padres e o apostolado paroquial. Ela mantém a tradição da Igreja Greco-Católica Ucraniana, de rito bizantino.

O Pe. Patrice Laroche, professor em Zaitzkofen e grande poliglota, dá aulas regularmente para essa Fraternidade durante o ano letivo.

Um de seus padres, Pe. Olexij Koshla, está passando 1 ano em Zaitzkofen a fim de fortalecer os laços com a FSSPX. 

A FORMAÇÃO DE FUTUROS SACERDOTES

Posts sobre o assunto podem vistos nesses links:

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

TONSURA, ORDENS MENORES E SUBDIACONATO EM LA REJA – 2019

Fonte: Seminario Nuestra Señora Corredentora – Tradução: Dominus Est

Neste sábado, 12 de outubro de 2019, ocorreu a cerimônia de ordenações no Seminário, na qual D. Alfonso de Galarreta conferiu as diferentes Ordens aos seminaristas:

Tonsura, para os seminaristas do 2º ano  (2 argentinos, 1 brasileiro, 1 espanhol e 1 mexicano);

Primeiras Ordens Menores, de Hostiário e Leitor, aos seminaristas do  3º ano (1 argentino e 1 mexicano);

Segundas Ordens Menores, de Exorcista e Acólito aos seminaristas do  4º ano  (2 argentinos, 1 espanhol e 1 brasileiro);

Subdiaconato, aos seminaristas do 5º ano  (2 argentinos, 1 brasileiro e 1 guatemalteco).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Embora o clima não tenha ajudado muito, já que foram 2 dias de chuva intensa, foram muitos os fiéis que puderam assistir essa bela cerimônia, particularmente muitas famílias dos seminaristas que receberam as ordens sagradas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Confiamos suas orações a esses novos levitas, para que Deus lhes conceda a santificação de seu novo estado eclesiástico, e para que todas essas graças recebidas frutifiquem abundantemente em suas almas.

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

LA REJA, 29 DE SETEMBRO: COMPROMISSOS NA FSSPX E RENOVAÇÃO DE VOTOS

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: Seminario Nuestra Señora Corredentora – Tradução: Dominus Est

No dia 29 de setembro, festa de São Miguel Arcanjo, na missa maior rezada pelo Reitor do Seminário, Pe. de Lassus, assistimos aos compromissos dos seminaristas da FSSPX, bem como a renovação dos votos religiosos de nossos Irmãos. Por esse motivo, os Irmãos do Distrito se uniram a nós, depois de terem feito o retiro anual pregado pelo Pe. Álvaro Calderón.

Primeiro houve os  primeiros compromissos dos seminaristas (2 argentinos, 1 mexicano, 1 brasileiro e 1 espanhol) que, se Deus quiser, no dia 12 de outubro receberão a tonsura e ingressarão no estado clerical. Junto deles, fizeram também os compromissos perpétuos na Fraternidade 4 futuros Subdiáconos (2 argentinos, 1 brasileiro e 1 guatemalteco), que no mesmo dia 12 de outubro se consagrarão perpetuamente ao serviço do Santo Altar. Depois disso, 3 Irmãos renovaram seus votos, dos quais 2 argentinos.

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

D. LEFEBVRE – 90 ANOS DE SACERDÓCIO

Image result for dom lefebvre fotoFonte: Boletim Permanencia

Que graça extraordinária para um jovem subir ao altar como ministro de Nosso Senhor, ser um outro Cristo! Nada é mais belo nem mais grandioso aqui na terra. Para isto vale a pena abandonar sua família, renunciar a constituir uma, renunciar ao mundo, aceitar a pobreza.” ― Dom Marcel Lefebvre. Carta Aberta aos Católicos Perplexos, capítulo 7.

Quantas jovens almas, pelas mãos de Dom Lefebvre, terão subido ad altare Dei! Quantas almas, graças a ele, terão encontrado a alegria de consagrar inteiramente sua mocidade, sua maturidade, sua velhice, ad Deum qui laetificat juventutem meam!

Naqueles dias em que, por mistério de permissão divina, os mais altos hierarcas da Igreja começaram a render-se ao culto do homem, ao elogio do mundo, aos sinais dos tempos, suscitou a Divina Providência um bispo para salvar a pureza da Fé, para guardar o Santo Sacrifício da Missa e os sacramentos de sempre, para fazer sobreviver o sacerdócio católico. Depois de uma vida de Fé firme como a rocha, pôde certamente dizer a Nosso Senhor, no dia do seu venturoso juízo, o epitáfio que mandara talhar na rocha de seu túmulo: Tradidi quod et accepi.

No dia de hoje, cá na terra, comemoramos os noventa anos de ordenação de Dom Lefebvre. No hoje eterno do Céu, o Eterno Sacerdote o parabeniza:

Muito bem, Marcel. Muito bem, meu sacerdote!

O intrépido bispo, talvez se possa dizê-lo, sorrirá o mesmo sorriso manso, com a mesma serena expressão dos seus dias de combate. E que combate! E nós cá debaixo, nós os herdeiros de sua peleja, podemos bem rogar e suplicar e esperar daquela alma indelevelmente sacerdotal, bendita pelo caráter e mais ainda pela glória, que peça por nós ao divino interlocutor:

Senhor, dai-lhes sacerdotes! Dai-lhes santos sacerdotes!

* * *

Oração de Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face:

Ó Jesus, Sumo e Eterno Sacerdote, conservai os vossos sacerdotes sob a proteção do vosso Coração amabilíssimo, onde nada de mal lhes possa suceder. Conservai imaculadas as suas mãos ungidas, que tocam todos os dias em vosso Corpo Santíssimo. Conservai puros os seus lábios, tintos pelo vosso Sangue preciosíssimo. Conservai desapegados dos bens da terra os seus corações, que foram selados com o caráter firme do vosso glorioso sacerdócio. Fazei-os crescer no amor e fidelidade para convosco, e preservai-os do contágio do mundo. Dai-lhes também, juntamente com o poder que tem de transubstanciar o pão e o vinho, em Corpo e Sangue, o poder de transformar os corações dos homens. Abençoai os seus trabalhos com copiosos frutos, e concedei-lhes um dia a coroa da vida eterna. Assim seja!”

 

TOMADA DE BATINA NO SEMINÁRIO NOSSA SENHORA CORREDENTORA, FSSPX, 2019

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: Seminário Nuestra Señora Corredentora

Neste 15 de setembro, na festa de Nossa Senhora Corredentora, padroeira de nosso seminário, os 7 seminaristas do ano de espiritualidade receberam suas batinas, a saber: 3 mexicanos, 2 brasileiros, 1 argentino e 1 paraguaio. A missa foi celebrada por nosso reitor, Pe. Jean de Lassus .

A cerimônia contou com a presença de numerosos parentes das respectivas famílias dos seminaristas, acompanhados também por um bom número de fiéis. Graças a Deus, o dia, já primavera, também foi muito agradável.

Pedimos, então, orações pela perseverança desses jovens candidatos, que deram o primeiro passo na carreira sacerdotal.

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

A FSSPX CHEGA A 658 SACERDOTES

Fonte: DICI – Tradução: Dominus Est

Após as ordenações que ocorreram nos Seminários da Fraternidade São Pio X no hemisfério norte nesse mês de junho de 2019, 13 novos padres vieram reforçar as fileiras da obra sacerdotal fundada por Mons. Marcel Lefebvre (1905 -1991) há quase cinquenta anos atrás. 
 
Cinco candidatos norte-americanos foram ordenados sacerdotes para a eternidade, em 21de Junho, por Mons. Bernard Tissier de Mallerais em Dillwyn (EUA) e seis candidatos (quatro franceses, um inglês e um italiano) foram ordenados em 28 de junho Por Mons. Alfonso de Galarreta, em Ecône (Suíça). Finalmente, dois novos sacerdotes (1 alemão e 1 polonês) foram ordenados, em Zaitzkofen (Alemanha) em 29 de junho por Mons. Bernard Fellay.
 
A Fraternidade São Pio X tem agora 658 padres, 3 bispos, bem como 128 irmãos professos e 74 irmãs Oblatas.

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

ORDENS MENORES E SUBDIACONATO EM ECÔNE E ZAITZKOFEN – 2019

No dia 6 de abril, no sábado chamado Sitientes, D. Fellay conferiu as segundas ordens menores a 2 clérigos da FSSPX e a 1 irmão dos Cooperadores de Cristo Rei, de Caussade, bem como ordenou o subdiaconato a 9 seminaristas, em Ecône (Suiça)

Este slideshow necessita de JavaScript.

No mesmo dia, D. Alfonso de Galarreta ordenou 3 subdiáconos no Seminário do Sagrado Coração de Jesus, em Zaitzkofen (Alemanha).

Este slideshow necessita de JavaScript.

As ordenações nos Estados Unidos foram postergadas devido aos problemas de saúde enfrentados por D. Tissier.

*************************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

PREDIÇÕES DO SANTO CURA D’ARS SOBRE OS ATAQUES AO SACERDÓCIO

“Quando se quer destruir a religião, começa-se atacando o sacerdote, porque onde não há sacerdotes, não há sacrifício, e onde já não há sacrifício, não há mais religião.” Estas palavras do Cura d’Ars oferecem o melhor comentário que se pode fazer sobre os eventos atuais da Igreja neste 2019.

Fonte: FSSPX México – Tradução: Dominus Est

São João Maria Vianney afirma a estreita relação que une o sacerdote ao sacrifício e a religião. Em sua época, as pessoas ainda podiam se lembrar dos padres massacrados pela Revolução Francesa e daqueles que juraram lealdade à constituição civil do clero. No interior e exterior da Igreja, o sacerdote foi atacado para que não houvesse mais sacrifício, para que não houvesse mais religião, exceto a da deusa da Razão. O Cura de Ars costumava dizer: “Deixem uma paróquia sem sacerdote durante 20 anos e as pessoas começarão a adorar os animais“.

Hoje, o sacrifício tem sido atacado por fora e por dentro. O mundo consumista rejeita o espírito de sacrifício para satisfazer sua ganância: prazer, dinheiro e orgulho, como nos diz São João. Infelizmente, ao tratar de abrir a Igreja ao mundo moderno, o aggiornamento conciliar colocou de lado o espírito de sacrifício, como relegou o tabernáculo aos corredores laterais: o altar tornou-se uma mesa, a Missa tornou-se num jantar A salvação do planeta se prega do púlpito, juntamente com as boas-vindas aos migrantes … O Cura de Ars ensinou seu rebanho: Todas as boas obras do mundo juntas não são equivalentes ao sacrifício da Missa, porque são obras dos homens, e a Santa Missa é obra de Deus.

É hora de perceber que o sacerdote sem o sacrifício conduz diretamente a uma religião sem sacerdotes, a uma Igreja sem vocações, a igrejas sem fiéis. Hoje vemos todos esses males e eles nos dominam. The Cura of Ars conhecia a solução: “Oh! Que bem faz um sacerdote em oferecer-se a Deus, todas as manhãs, em sacrifício!”

Padre Alain Lorans

ECÔNE: TONSURAS E PRIMEIRAS ORDENS MENORES CONFERIDAS POR D. TISSIER DE MALLERAIS – 2019

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: La Porte Latine – Tradução: Dominus Est

No dia 16 março de 2019, D. Tissier de Mallerais, Bispo auxiliar da Fraternidade Sacerdotal São Pio X, durante a Missa Pontifical, conferiu a Tonsura a 11 seminaristas do segundo ano, a 1 monge do Mosteiro dos Beneditinos de Bellaigue e a 1 frade capuchinho do Convento de Morgon.

D. Tissier conferiu as primeiras Ordens Menores a 9 seminaristas do terceiro ano, a 3  beneditinos e 3 capuchinhos .

Como sinal de renúncia à vida mundana, o pontífice corta algumas mechas de cabelo. Nas Ordens antigas a tonsura é mais visível, como ainda é portada, por exemplo, entre os Capuchinhos e Beneditinos após a cerimônia de tonsura, portando apenas uma coroa de cabelo.

Depois de conferir a tonsura, Sua Excelência conferiu as ordens menores (1):

O Hostiário (2) tem a tarefa de abrir e fechar as portas da igreja e assegurar a santidade do local de culto. Também é responsável pela convocação, tocando o sino, dos fiéis às funções divinas.

O Leitor lê as leituras do Antigo Testamento em público: dessa maneira, ele começa a exercer o papel sacerdotal do ensino.

Rezemos pela perseverança desses jovens que são uma fonte de esperança e promessa real para a Igreja.

Notas 

  1. As quatro ordens menores (Hostiário, Leitor, Exorcista e Acólito) são graus do sacerdócio. Não são mais conferidas nos seminários conciliares.
  2. “O Hostiário deve guardar a igreja dia e noite, cuidar para que nada se perca; abrir e fechar a igreja e a sacristia; cuidar da limpeza e da decoração da igreja; tocar os sinos para indicar as horas das diferentes orações; manter a ordem do lugar e observar o silêncio e a modéstia; evitar que os infiéis entrem na igreja, perturbando os serviços, profanando os mistérios; abrir o livro ao pregador.”

FSSPX: RETORNO DOS SEMINÁRIOS DO HEMISFÉRIO SUL

Fonte: DICI – Tradução: Dominus Est

Os seminários da Fraternidade São Pio X no hemisfério sul tiveram seu retorno nesse mês de março, dedicado a São José, patrono da Igreja universal.  

Na Argentina, o Seminário Nossa Senhora Corredentora, em La Reja, acolheu 10 alunos de ano de humanidades, bem como 10 seminaristas no primeiro ano de espiritualidade: 4 brasileiros, 3 mexicanos, 2 argentinos e 1 paraguaio. Outros 2 postulantes à Irmãos, do Brasil e do México, também bateram à porta do noviciado dos Irmãos da Fraternidade São Pio X

Na Austrália, o Seminário da Santa Cruz, em Goulburn, acolheu 6 estudantes no Ano de Humanidades, bem como 2 seminaristas no primeiro ano de Espiritualidade: 1 australiano e 1 neozelandês. Dois postulantes à Irmãos (1 nigeriano e 1 sul-africano) também entraram no noviciado dos Irmãos. 

Com as entradas do outono de 2018 em Zaitzkofen (Alemanha), Flavigny (França) e Dillwyn (EUA), o total de ingressos nos seminários da Fraternidade para este ano acadêmico é de 62 seminaristas do primeiro ano.

Rezemos pela perseverança de todos eles.