FOTOS E VÍDEO DA RECONCILIAÇÃO DA IGREJA DE SÃO WILLIBRORD, EM UTRECHT (HOLANDA)

No dia 12 de novembro de 2017, dia seguinte à festa de São Martinho – padroeiro da arquidiocese de Utrecht – D. Fellay , Superior Geral da Fraternidade Sacerdotal de São Pio X, reconciliou a igreja de São Willibrord, localizada no centro histórico da cidade de Utrecht e comprada recentemente pela FSSPX (veja aqui).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: La Porte Latine – Tradução: Dominus Est

Cerca de 600 fiéis vindos da Holanda, Bélgica, Luxemburgo e Alemanha estiveram presentes. A cerimônia começou com o rito da reconciliação previsto no Pontifício Romano para devolver ao culto católico um edifício sagrado, após terem sido usados para fins profanos. O bispo iniciou procedendo com a benção da água gregoriana, mistura de água, vinho, sal e cinzas, para em seguida aspergir as paredes interiores, bem como o piso/chão em  forma de cruz, a fim de purificar a igreja de suas impurezas profanas.

Em sua homilia, D. Fellay recordou que a beleza artística daquele local de culto é um reflexo da beleza divina, cuja alma cristã é também uma imagem. Ele prosseguiu salientando que aquele edifício sagrado foi devolvido à liturgia tradicional para a qual foi construído – uma liturgia que “nunca foi revogada”, como afirmou o Papa Bento XVI no Motu Proprio  Summorum pontificum, de 7 de julho de 2007. A cerimônia prosseguiu com a Missa Pontifical celebrada no faldistório, com a participação dos seminaristas de ZaitzkofenA liturgia foi reforçada pela magnífica combinação do órgão e do coral.

A igreja de São Willibrord foi construída na década de 1870 por ocasião do restabelecimento da hierarquia católica na Holanda. Localizado no centro histórico de Utrecht, é um dos tesouros escondidos da cidade e uma das mais belas igrejas neogóticas do país.

Ricamente ornamentada e em perfeito estado de preservação após uma esplêndida restauração interior, o edifício restitui de maneira única o ambiente medieval da época anterior à iconoclastia calvinista. Além disso, Os monumentais órgãos – construídos pelo conterrâneo Michaël Maarschalkerweerd – são uma das atrações do edifício.

No colapso que seguiu o Concílio Vaticano II, havia uma discussão sobre a destruição dessa jóia. Salva do desastre pela tenacidade do padre Winand Kotte, a igreja foi classificada  como um monumento histórico e designada como um projeto piloto para a conservação do patrimônio arquitetônico europeu.

Retornando ao verdadeiro culto uma jóia arquitetônica dedicada a São Willibrord (657-739),  primeiro bispo de Utrecht, apóstolo da Frísia e da Holanda, a Fraternidade São Pio X, de fato, ilustra o lema de seu santo padroeiro: “Omnia institutare in Christo “.

Após um almoço que reuniu a maioria dos fiéis, o dia foi concluído pela adoração eucarística e a recitação do rosário. É foi assim que a igreja de São Willibrod encontrou seu destino original: o culto do Deus verdadeiro, o único Salvador e Mestre de todas as coisas, nosso Senhor Jesus Cristo.

Endereço da Igreja:

Sint Willibrordkerk 
Minrebroederstraat 21, 
3512 GS Utrecht, Holanda

Para mais informações, entrem em contato com o Priorado Saint Clement, em Gerwen (Holanda)